1 evento ao vivo

Veja quanto a Globo já faturou com o "BBB" antes da estreia

Emissora consegue vender cinco cotas de patrocínio e supera o valor inicial da edição anterior do reality show

3 jan 2020
17h21
atualizado às 17h36
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Foto: Famosidades

E disseram que o Big Brother Brasil estava numa pior... De acordo com o jornal Meio & Mensagem, a Globo comercializou cinco das seis cotas de patrocínio do BBB20 oferecidas ao mercado publicitário.

Os anunciantes da edição que começa dia 21 serão Burger King e Faculdades Anhanguera (que anunciaram na temporada de 2018), além de Americanas, PicPay (um aplicativo de pagamentos) e Claro.

Cada cota tem preço de tabela de R$ 42.620 milhões. Sem considerar os descontos tradicionais que a emissora concede, o faturamento inicial do vigésimo Big Brother Brasil seria de 213 milhões de reais.

No ano passado, a Globo vendeu apenas quatro cotas antes do início do BBB19. Ou seja, o mercado parece mais animado com a prometida inovação no programa deste ano.

O faturamento total de uma edição do principal reality show da produtora Endemol costuma superar os 300 milhões de reais. Aos principais anunciantes juntam-se outras marcas que fazem inserções de merchandising nas festas e em provas.

Ao analisar esses valores, entende-se porque a Globo insiste no BBB, apesar do desgaste do formato. Uma edição do Big Brother Brasil representa 25% do lucro líquido que a emissora teve em 2018 (1,2 bilhão de reais).

Veja também:

Star Wars: elenco revela suas predileções no universo

 

Sala de TV Blog Sala de TV - Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail beniciojeff@gmail.com.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade