3 eventos ao vivo
Logo do Blog Sala de TV
Foto: iStock

Blog Sala de TV

Psicodélica, Verão 90 acertou ao fazer o público rir à toa

Novela das 19h30 que termina hoje serviu como fuga do clima bélico da realidade brasileira

26 jul 2019
14h07
  • separator
  • 1
  • comentários

Dramaturgia fraca, direção frouxa, efeitos visuais toscos, desfechos previsíveis. Por que então Verão 90 se tornou fenômeno de audiência?

A base do sucesso está no carisma dos personagens principais. Ao conquistar a simpatia do telespectador, amenizaram a fragilidade das tramas.

Manuzita (Isabelle Drummond) e Lidi (Cláudia Raia): elenco em sintonia produziu bons momentos cômicos
Manuzita (Isabelle Drummond) e Lidi (Cláudia Raia): elenco em sintonia produziu bons momentos cômicos
Foto: João Cotta / TV Globo

A novela com humor pastelão serviu como analgésico ou alucinógeno a quem preferiu fugir da toxicidade das redes sociais e da azucrinante vida real.

Ambientada na cafona década de 1990, a produção fez a gente acreditar que era mais feliz naquele período – o cotidiano tinha mais cores, as relações humanas pareciam mais verdadeiras e intensas.

Personagens como a estrela de pornochanchada Lidi Pantena (Cláudia Raia), o golpista sedutor Galdino (Gabriel Godoy) e o mulherengo Quinzão (Alexandre Borges) divertiram o público com cenas de tropelias.

Enquanto cinema é arte, a telenovela tomou para si a missão de oferecer esse escapismo capaz de produzir bem-estar temporário a quem se coloca diante da TV.

Cheia de imperfeições, Verão 90 passou um recado a quem exige demais da televisão: relaxe e ria.

Veja também

'Queremos viralizar': a realidade por trás das glamorosas fotos 'fakes' de casamento nas redes

 

Sala de TV Blog Sala de TV - Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail beniciojeff@gmail.com.
  • separator
  • 1
  • comentários
publicidade