PUBLICIDADE

Pela 2ª vez, Raia perde milhões por causa de um presidente

Atriz teve grande projeto teatral cancelado após um vídeo em que dizia “Ele não” contra Bolsonaro

23 set 2021 09h51
ver comentários
Publicidade
Claudia Raia jura nunca mais se envolver em política após ter sido hostilizada
Claudia Raia jura nunca mais se envolver em política após ter sido hostilizada
Foto: TV Globo / Divulgação

“Como cidadã vou me posicionar sempre. Mas usando o meu poder de influenciadora ou de artista, não me meto mais com política”, disse Claudia Raia no ‘Papo de Segunda’, do GNT, em março deste ano. A história mostra que sua decisão é sábia.

Matéria da Folha de S. Paulo revela que a atriz teve um contrato milionário cancelado em 2018 após um vídeo postado em rede social. Na gravação, Raia faz sinal negativo com o dedo e diz “Ele não”, slogan da campanha anti-Bolsonaro. A manifestação ocorreu às vésperas do primeiro turno da eleição presidencial daquele ano.

Na época, a artista comandava uma equipe de notáveis das artes no _Teatral, projeto cultural sediado em São Paulo. Ela era a curadora da programação que prometia uma nova experiência audiovisual ao público. Uma proposta ambiciosa que teve ampla repercussão na imprensa.

De acordo com o jornal, 24 horas após o post antibolsonarista, Claudia Raia foi comunicada do cancelamento do patrocínio da Prevent Senior, operadora de saúde que na ocasião era alinhada ao então candidato e, hoje, é alvo da CPI da Covid por suspeita de irregularidades no tratamento de pacientes internados com coronavírus e fraude em certidões de óbito de vítimas da doença.

Foi a segunda vez que a estrela da TV e do teatro musical acabou prejudicada por se manifestar em relação a um presidente da República. Trinta anos atrás, ela se viu ‘cancelada’ por apoiar Fernando Collor, alvo de processo de impeachment. Uma série de boatos prejudicou sua imagem e carreira.

Raia na propaganda eleitoral de Collor e com o presidente com quem rompeu pouco depois
Raia na propaganda eleitoral de Collor e com o presidente com quem rompeu pouco depois
Foto: TV / Reprodução

“Diziam que eu transava com o Collor na despensa da Casa da Dinda”, relembrou a artista no ‘Papo de Segunda’. “Fui vaiada em Brasília, tive minhas contas invadidas, meu carro quebrado, mutirão na minha casa”, contou.

No mesmo período do mexerico sobre sua ligação com o polêmico presidente que dizia ter “aquilo roxo”, Raia enfrentou o rumor de que seria portadora do vírus HIV. A atriz se sentiu obrigada a fazer um teste e exibi-lo numa coletiva de imprensa para desmentir a fofoca. 

Sala de TV Blog Sala de TV - Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail beniciojeff@gmail.com.
Publicidade
Publicidade