1 evento ao vivo

Guerra de egos entre Globo e outras TVs reforça o jornalismo

Cobertura do Caso Coaf envolvendo Flávio Bolsonaro tira as emissoras da zona de conforto na corrida por informações

23 jan 2019
11h35
  • separator
  • 0
  • comentários

A imprensa repercutiu as cutucadas da Globo e GloboNews na RecordTV e RedeTV! em razão de perguntas não feitas ao senador eleito Flávio Bolsonaro durante entrevistas nos dois canais.

William Bonner e Renata Vasconcellos, âncoras do JN: cobertura do caso Coaf sem conseguir falar diretamente com Flávio Bolsonaro
William Bonner e Renata Vasconcellos, âncoras do JN: cobertura do caso Coaf sem conseguir falar diretamente com Flávio Bolsonaro
Foto: Reprodução

O âncora do RedeTV News, Boris Casoy, reagiu à insinuação de que teria poupado o senador eleito de um questionamento incisivo.

“Bom jornalismo é o que faz as perguntas isentas e imparciais, e não o jornalismo inquisitivo que almeja obter respostas que gostaria de ouvir do entrevistado”, comentou o veterano em seu telejornal.

Preteridas pelo clã Bolsonaro, as emissoras do Grupo Globo se veem obrigadas a repercutir as declarações exclusivas que membros da família do presidente dão às concorrentes.

Sem acesso à família mais poderosa do País no momento, passaram a sugerir suposto jornalismo chapa-branca em benefício de Flávio Bolsonaro, protagonista de um escândalo político-financeiro que ofusca o início da Presidência de seu pai, Jair Bolsonaro.

O Jornal Nacional tem exibido, noite após noite, novos detalhes potencialmente comprometedores da atuação de Flávio como deputado estadual na Assembleia Legislativa do Rio.

O jornalismo da Globo e GloboNews está debruçado sobre os relatórios do Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras), órgão que levantou suspeitas a respeito de depósitos na conta do senador eleito e de seu ex-assessor parlamentar Fabrício Queiroz.

Essa guerra de vaidade entre as emissoras de TV, suscitada pela cobertura do caso, faz bem ao jornalismo.
A pressão entre os canais pela apuração minuciosa dos fatos leva ao telespectador informações relevantes e uma visão ampla do fato.

A concorrência por dados confiáveis e entrevistas relevantes apura a prática jornalística.

Um canal supervisiona o outro, o que pode gerar mais qualidade daquilo que é exibido ao público.

Veja também:

 

Sala de TV Blog Sala de TV - Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail beniciojeff@gmail.com.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade