1 evento ao vivo

Fernanda Young produziu TV e arte sem preocupação de agradar

Rebelde e provocativa, ela fazia questão de dar a cara a tapa e transformar o ódio recebido em poesia e entretenimento

26 ago 2019
10h20
  • separator
  • 0
  • comentários

Uma das maiores qualidades de Fernanda Young era o destemor em relação aos telespectadores. Seja como roteirista, atriz ou apresentadora, ela sempre enfrentou de peito aberto – e até desnudo – o público acomodado ou conservador.

Levou para a TV discussões divertidas a respeito de sexo, sexualidade, gênero, preconceitos, barreiras sociais e sanidade mental.

Múltipla, Fernanda Young fez a diferença em tudo o que se propôs a fazer
Múltipla, Fernanda Young fez a diferença em tudo o que se propôs a fazer
Foto: Reprodução/Instagram

O humor excessivamente ácido e crítico exigia, às vezes, uma bagagem cultural que muitas pessoas não têm. Daí a incompreensão e a estranheza associadas a determinadas obras assinadas por ela – e à verborragia, ao comportamento, ao visual. Era docemente intimidadora.

Young foi uma artista porra-louca, capaz de transitar com destreza ímpar por diferentes segmentos. Escrevia comédia, drama e poesia, atuava, apresentava, lecionava a jovens artistas, filosofava nas entrevistas e nos posts em redes sociais.

A dislexia, a depressão e a impulsividade de polemista não eram travas, e sim empuxos. Complementavam sua cabeça tão genial quanto caótica. “Devemos parar de negar que ficar fora de si é muito bom e lembrar que ficar lúcido pode ser melhor”, disse certa vez.

“Se eu tivesse me comportado, teria lucrado um pouco mais com o entretenimento. Comprometi algumas possibilidades profissionais por ter essas personas todas”, confessou Fernanda em entrevista a Marília Gabriela.

Antes de tudo, considerava-se uma escritora. Foi essa a definição colocada em sua página no Instagram. Mais de uma vez avisou a seus fãs e desafetos: “Serei tudo que eu puder ser”. E o foi com criatividade ímpar.

Veja também:

 

Sala de TV Blog Sala de TV - Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail beniciojeff@gmail.com.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade