1 evento ao vivo

Fabiana Saba critica gordofobia e desunião entre mulheres

11 jan 2017
13h38
atualizado às 14h21
  • separator
  • 0
  • comentários

Após longo período, Fabiana Saba ressurgiu na mídia por reagir ao bullying sofrido nas redes sociais. A ex-modelo, contemporânea de Gisele Bündchen, foi alvo de críticas e ironias devido ao ganho de peso nos últimos anos.

Ao invés de apenas lamentar ou se desconectar do ambiente virtual, como muitas mulheres discriminadas já fizeram, a apresentadora decidiu comprar briga contra os defensores da ditadura da magreza.

Em entrevista a Mila Burns, no programa Globo Notícia Américas, do canal Globo Internacional, Fabiana, de 39 anos, revelou como se impõe aos haters: "Essa sou eu, me aceita, porque tem muito mais em mim do que meu corpo".

A apresentadora vai criar um canal na internet para combater preconceitos (Fotos: Reproduções/Instagram)
A apresentadora vai criar um canal na internet para combater preconceitos (Fotos: Reproduções/Instagram)
Foto: Sala de TV

Ativista pela democratização da moda e o fim da obsessão pelo corpo perfeito, ela defende maior união feminina em prol dessas causas.

"Todas nós, mulheres, sofremos preconceito. E se a gente tiver compaixão e nos dermos as mãos, teremos mais força", afirma. "Para começar, mulher tem que parar de julgar mulher."

Fora da TV desde 2003, quando saiu da RedeTV! e se mudou para Nova York, onde vive com o marido e duas filhas, Saba vai estrear um canal no YouTube com dicas para ampliar a autoestima e promover o empoderamento feminino.

Ao iniciar a luta contra a gordofobia, ela superou questões íntimas relacionadas ao sobrepeso: voltou a usar shorts e biquíni. "Todos os corpos devem estar representados na moda", diz. "Todo tipo de beleza, de tons de pele, de etnia."

No programa, Fabiana Saba comentou ainda a respeito da pressão que a mulher com quilos extras sofre na academia.

"Dizem: 'o que ela tá fazendo aqui? Ela tem celulite, gordura'. Aí a gente vai pra casa e come mais. E sabe quando a gente vai se cuidar? Quando se olhar no espelho e se amar, porque a gente cuida de quem a gente ama."

As chamadas 'mulheres com curvas' e 'plus size' têm conquistado cada vez mais espaço na mídia brasileira. Várias famosas atuam na batalha contra a discriminação.

As atrizes Fabiana Karla e Priscila Marinho posaram para ensaios de moda e participaram de desfiles especializados na silhueta grande.

Em dezembro, a modelo Fluvia Lacerda, carioca que faz sucesso no mercado de moda americano, se tornou a primeira mulher gorda a ser capa da revista Playboy.

Na próxima novela das 21h da Globo, A Força do Querer, Mariana Xavier será uma secretária que, no meio da trama, redescobre a própria beleza e fica famosa como modelo GG.

Fabiana, Priscila, Fluvia e Mariana: visibilidade para as gordas (Fotos: Divulgação)
Fabiana, Priscila, Fluvia e Mariana: visibilidade para as gordas (Fotos: Divulgação)
Foto: Sala de TV
Sala de TV Blog Sala de TV - Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail beniciojeff@gmail.com.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade