0

Cobertura da morte de Gugu impulsiona revistas de famosos

Edições dedicadas ao apresentador fazem o público voltar a prestar atenção nas publicações de bancas

6 dez 2019
10h50
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Publicações tentaram atrair mais leitores com homenagens ao apresentador
Publicações tentaram atrair mais leitores com homenagens ao apresentador
Foto: Fotomontagem: Blog Sala de TV

O mercado de revistas sobre celebridades está em crise há alguns anos. Queda vertiginosa nas vendas, assinaturas e no faturamento. Publicações que antes vendiam 400 mil exemplares por semana hoje têm tiragem abaixo de 100 mil.

O título mais antigo e tradicional, a Contigo!, passou a existir apenas na versão digital. A publicação mais prestigiada, a Caras, reduziu o número de páginas e a frequência de eventos em castelos e ilhas.

As redes sociais – especialmente o Instagram – tiraram boa parte do interesse nas revistas. Os próprios artistas abrem a intimidade ao público nos posts. Não raro, uma superexposição constrangedora. Sobra pouco a revelar aos leitores.

Há outro problema: o jornalismo cor de rosa praticado pela maioria desses produtos editoriais. Não buscam furos de reportagem ou notícias relevantes. Mostram apenas o lado glamouroso (e, muitas vezes, artificial) da vida dos artistas.

A morte de Gugu Liberato deu novo fôlego às publicações. Várias delas colocaram o apresentador na capa. A Contigo! ressurgiu nas bancas com uma edição especial.

Mas o interesse suscitado por esse episódio triste tem duração curta. Na semana que vem, as revistas sobre celebridades voltarão a encarar o árduo desafio de fazer as pessoas tirarem os olhos do celular para observar o que há nas bancas. Um hábito cada vez mais incomum.

 

Veja também:

Carol Francischini treina na varanda de sua casa
Sala de TV Blog Sala de TV - Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail beniciojeff@gmail.com.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade