0

Cinegrafista da Record é agredido por manifestante antiGlobo

Confusão aconteceu na porta da Polícia Federal de Curitiba antes do início do depoimento de Sergio Moro

2 mai 2020
15h01
atualizado às 15h03
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A presença de policiais não impediu um homem de agir com violência contra a imprensa na entrada principal da PF, em Curitiba, onde o ex-ministro Sergio Moro presta depoimento na tarde deste sábado (2).

A Band News fez transmissão ao vivo para mostrar os protestos contra e a favor de Moro na entrada da PF de Curitiba
A Band News fez transmissão ao vivo para mostrar os protestos contra e a favor de Moro na entrada da PF de Curitiba
Foto: Band / Reprodução

Aos gritos de "Globo lixo", o manifestante agrediu o repórter-cinematográfico Robson Silva, da RICTV, afiliada da RecordTV no Paraná, por acreditar que era um funcionário da TV Globo.

O agressor tentou derrubar a câmera e empurrou o cinegrafista. Empunhando uma pequena bandeira do Brasil, ele acabou contido por policiais. Um cordão de isolamento foi providenciado para evitar novo tumulto.

Diante de equipes de TV e fotógrafos, um grupo de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro gritava "Fora traidor" a quem estava ali para defender Moro. Um homem vestindo camiseta com o rosto do ex-presidente Lula filmava a movimentação.

Veja também:

Editor do L! analisa retorno de Fred ao Fluminense
Sala de TV Blog Sala de TV - Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail beniciojeff@gmail.com.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade