0

‘BBB17’ vira telebarraco e faz Globo ter seu dia de SBT

DR coletiva teve acusações graves, choro e Leifert nervoso como nunca

4 abr 2017
08h42
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

E não é que a Globo desceu do pedestal para se juntar ao SBT no popularesco?

Na segunda-feira (3), o ‘Big Brother Brasil’ virou um telebarraco capaz de intimidar os personagens histriônicos que desfilam pelo palco do ‘Casos de Família’, comandado com humor impagável por Christina Rocha na emissora de Silvio Santos.

Não foi um simples ‘Jogo da Discórdia’. Os sobreviventes na casa – Marcos, Emilly, Marinalva, Vivian, Ieda e Ilmar – e os mais recentes eliminados – Daniel, Rômulo, Roberta e Pedro – se submeteram a uma terapia de choque em grupo.

Emilly e Marcos: sem medo de contestar a Globo ao vivo
Emilly e Marcos: sem medo de contestar a Globo ao vivo
Foto: Paulo Belote/TV Globo

Quase como mera testemunha do embate entre os novos inimigos mortais Emilly e Ilmar, Tiago Leifert confessou o nervosismo com a possibilidade de a agressão verbal se tornar física: “Rapaz, eu quase arranco pele de nervoso, com medo de acontecer alguma coisa com alguém”.

Ao ouvirem críticas de ex-brothers e também de quem ainda está confinado, Marcos e Emilly emparedaram o apresentador. “Esse jogo é só pra vir pra cima da gente”, criticou o cirurgião-plástico.

Os insistentes pedidos de calma de Leifert – e o seu tom de voz acima do habitual – não tiveram efeito. Após outra calorosa troca de acusações, ele até brincou com os convidados no estúdio: “Alguém aí quer apresentar o ‘Big Brother Brasil’?” Recebeu risos nervosos como resposta.

A maior polêmica da noite aconteceu quando Marcos, ao atacar Ilmar, afirmou que a polícia “bateu” no ‘BBB’ porque o advogado estaria devendo três meses de pensão alimentícia do filho.

“Marcos, agora vou te interromper e é grave. Primeiro, coisas externas devem permanecer externas. Você jamais deveria ter dito isso. Segunda coisa, não é verdade. Nunca a polícia veio no confessionário conversar com o Mamão. Quando você fala isso ao vivo, é de muita irresponsabilidade sua”, disparou Leifert.

Mais cedo, o apresentador havia esclarecido que a irmã de Ilmar solicitara contato com ele para conseguir senhas bancárias, a fim de efetuar pagamentos. “Foi só isso.”

Num momento dramático, quando o ‘BBB’ se assemelhou a um novelão das 21h, Ieda, emocionada ao se confessar solitária na casa, disse acreditar que Marcos e Emilly não se amam – apenas se gostam e estão juntos mais por interesse do que por sentimento mútuo.

O médico reagiu imediatamente. “Em briga de marido e mulher não se mete a colher, isso é uma regra universal.” E foi além: “O que vai acontecer lá fora nem eu sei. A gente está dentro de um laboratório aqui. E gostar basta, porque ninguém inicia um relacionamento se amando”.

Quase no final, Ilmar foi às lágrimas ao rebater as acusações de falsidade e traição feitas pelo casal. O advogado chegou a fazer um apelo. “Eu quero que amanhã (hoje, dia de eliminação) o povo me tire daqui. Porque eu não aguento essas injustiças”.

Ao se despedir, Tiago Leifert, que enfrentou sua prova de fogo como âncora estreante do ‘BBB’, sugeriu a hashtag #paz. Sinceridade ou ironia? Ieda, sorridente, fez um coração com as mãos. E o telespectador acostumado com a pasmaceira no reality show nos últimos 69 dias precisou tomar água com açúcar para ir dormir tranquilo.

 

Veja também:

A Múmia Trailer (2) Legendado

 

 

 

Sala de TV Blog Sala de TV - Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail beniciojeff@gmail.com.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade