2 eventos ao vivo

Show de Sam Smith é espetáculo que prende do começo ao fim

Apesar das canções mais sérias e românticas, como "Stay With Me" e "I'm Not The Only One", hits dançantes marcaram a maior parte do show

5 abr 2019
22h00
atualizado em 6/4/2019 às 14h58
  • separator
  • 1
  • comentários

Antes de começar o show, os telões do palco Onix do Lollapalooza pediram que "desliguemos nossos telefones e apostemos nas estrelas", trecho da música "One More Night", de Sam Smith. Irônico, já que durante várias músicas os fãs levantaram as lanternas dos celulares e deixaram a plateia parecida com as estrelas que não eram vistas no Autódromo de Interlagos, em São Paulo.

Durante o show do britânico, os fãs levantaram muitas bandeiras de arco-íris, e ele correspondeu ao cantar "Him". "Eu escrevi essa música para dizer que amor é amor, tenho orgulho de ser um homem gay e se você também é, cante comigo", pediu.

Show do cantor britânico Sam Smith nesta sexta (5), primeiro dia do Lollapalooza
Show do cantor britânico Sam Smith nesta sexta (5), primeiro dia do Lollapalooza
Foto: Emerson Santos / FotoArena/Estadão Conteúdo

Apesar das canções mais sérias e românticas, como "Stay With Me" e "I'm Not The Only One", hits dançantes marcaram a maior parte do show. "Money On My Mind", com uma pegada mais disco, mostrou a potência do cantor e seus backing vocals e foi bastante aplaudida pelo público.

Além disso, outro destaque foram as duas trocas de figurino. Na primeira, ele deixou uma camisa colorida por um look mais simples, de camiseta branca. Na segunda, no entanto, o destaque: uma bata brilhante em preto e dourado que fez os fãs gritarem.

Apesar de boa parte do público ter interesse em correr para o palco Budweiser, onde os Arctic Monkeys tocariam em seguida, era possível ouvir as justificativas de "só mais essa e depois a gente vai". O show de Sam Smith, visivelmente, conseguiu prender o público do início ao fim.

Veja também:

 

Fonte: Equipe portal
  • separator
  • 1
  • comentários
publicidade