PUBLICIDADE

Roxette lança nova versão de "Joyride" com gravações inéditas  

29 nov 2021 14h00
ver comentários
Publicidade

O icônico grupo sueco Roxette lançou na última sexta-feira (26) uma nova versão de Joyride, lançado originalmente em 1991 pela EMI, veio na esteira do sucesso de seu antecessor, Look Sharp, que projetou a banda para o estrelato mundial em 1989. O disco está em todas as plataformas digitais pela Warner Music, via Parlophone Records.

Foto: Warner Music | Parlophone Records / The Music Journal

Joyride foi o álbum que deveria fortalecer o recém-descoberto status de sucesso global do Roxette . E conseguiu: em 1º de maio, a faixa-título subiu direto para a primeira posição na parada da Billboard Hot 100 - estabelecendo um recorde nunca antes atingido por nenhum outro grupo ou artista escandinavo, conduzindo o disco a vender mais de 11 milhões de cópias em todo o mundo.

O 30º aniversário de Joyride está sendo comemorado com o lançamento do box digital contendo o álbum original, material inédito e raridades, retratando um quadro mais completo de um momento único na história do pop.

Foto: Warner Music | Parlophone Records / The Music Journal

Doze das músicas são inéditas, entre elas a primeira gravação de Hotblooded, que originalmente deveria ser a faixa de abertura do álbum até que Joyride entrou em seu lugar, dando nome ao álbum e à futura turnê, Join the Joyride.

The Look, Listen To Your Heart e It Must Have Been Loveforam determinantes para que a banda, com Per Gessle e a saudosa Marie Fredriksson (1958-2019), colocasse seu nome entre os grandes atos do pop em todos os tempos.

"Em outono de 1989, eu selecionei todos os tipos de materiais possíveis para o novo álbum do Roxette. 'Run Run Run' e 'Another Place, Another Time', do álbum 'Heartland Café' pareciam fortes competidores, então fizemos versões demos novas e mais 'roxificadas' para elas. 'Run Run Run' era minha favorita - achei que tinha potencial para ir longe", relembra Per Gessle.

Contudo, as duas músicas nunca foram gravadas em estúdio.

Outras demos descobertas e produzidas em 1990 são: Small Talk, Church Of Your Heart, Physical Fascination, Things Will Never Be The Same, I Remember You e por último, mas não menos importante, o futuro b-side The Sweet Hello, The Sad Goodbye - uma das maiores músicas que nunca estiverem em um álbum e que se tornaria uma faixa muito amada pelos fãs do Roxette - os "Roxers" - e gravada por diversos artistas, entre eles a cantora americana Laura Branigan (1952-2004).

Ouça o álbum Joyride:

The Music Journal The Music Journal Brazil
Publicidade
Publicidade