PUBLICIDADE

Rock in Rio 2017 movimenta R$ 1,4 bilhão na capital carioca

Organização celebra sucesso do evento, que teve sete dias de duração e empregou cerca de 20 mil pessoas no Rio de Janeiro

25 set 2017 16h06
| atualizado às 17h30
ver comentários
Publicidade

Após sete dias de festa, a organização do Rock in Rio a 18ª edição do festival. Neste ano, o evento ganhou novo espaço e foi realizado no Parque Olímpico, na Barra da Tijuca. A equipe celebra, dentre outras coisas, o impacto econômico para o Rio de Janeiro. Dados mostram que 20 mil pessoas foram empregadas para a realização do RiR 2017. Além disso, estudos da FGV apontam que o impacto financeiro chegou a R$ 1,4 bilhão, atraindo mais de 400 mil turistas à capital carioca.

Em 2017, Rock in Rio teve sete dias de festa e foi realizado no Parque Olímpico, na Barra da Tijuca
Em 2017, Rock in Rio teve sete dias de festa e foi realizado no Parque Olímpico, na Barra da Tijuca
Foto: Ariel Martini/I Hate Flash

“O Rock in Rio é a certeza de que podemos e conseguimos resgatar a felicidade e a autoestima do brasileiro. Não vamos abrir mão da sua raiz e de onde demos vida a todos os nossos sonhos. Estamos aqui, vendo nestes sete dias, que é possível sim transformar vidas e trazer alegria para as pessoas”, afirmou Roberta Medina, vice-presidente do Rock in Rio.

Com shows nos dias 15, 16, 17, 21, 22, 23 e 24 de setembro, foram mais de 98 horas de música, com mais de 500 atrações. No Parque Olímpico, a área de 300 mil m² ganhou novos espaços, como a Rock District, Digital Stage, Gourmet Square e Game XP. Somente no último deles, estima-se que 360 mil passaram pela arena.

Ivete Sangalo levanta o público do Rock in Rio com 'Festa':

A edição de 2018 já foi confirmada para a cidade de Lisboa, em Portugal. O Rock in Rio voltará ao Brasil somente em 2019.

 

Fonte: ED
Publicidade
Publicidade