PUBLICIDADE

Pagodeiro? Vocalista do Raça Negra explica o gênero musical do grupo

Grupo é homenageada no programa 'Som Brasil', da Rede Globo; veja detalhes do episódio

29 mai 2024 - 17h34
Compartilhar
Exibir comentários

Criado no início dos anos 1980, o grupo Raça Negra surgiu na Zona Leste de São Paulo e revolucionou o samba e o pagode. Este ano, a banda completa 40 anos de trajetória e vai ser homenageada no programa Som Brasil, da Rede Globo.

"Eu acho que é um som próprio. Eu não sei o que é Raça Negra, só sei que pegamos a música e tocamos do nosso jeito, no nosso ritmo", disse Luiz Carlos, vocalista e fundador da banda. A entrevista vai ao ar na quarta-feira, 5.

Em 1995, o grupo musical se apresentou no Vale do Anhangabaú, em São Paulo. O show reuniu mais de um milhão e meio de pessoas. No mesmo ano, Raça Negra entrou no Guinness Book após a canção Tarde Demais ser tocada 600 vezes nas rádios em um único dia.

Em conversa com Pedro Bial, Luiz Carlos também aborda as parcerias que a banda realizou, citando Roberto Carlos e Cazuza, encontros importantes com Jorge Ben Jor, Tim Maia e Pelé, além de falar sobre a história de composição de Cheia de Manias.

"Para a escolha do nome, depois do futebol a nossa resenha era num bar. Estávamos lá e falei 'escrevam no papel um nome para a banda, e alguém escreveu 'Raça Negra'", disse sobre o nome do grupo musical.

Além da homenagem, a próxima edição de Som Brasil conta com a participação de Neguinho da Beija-Flor e Xande de Pilares.

Estadão
Compartilhar
Publicidade
Publicidade