PUBLICIDADE

Missinho, ex-vocalista e fundador do Chiclete com Banana, morre aos 64 anos

O músico estava internado desde o início de maio devido a uma crise renal, mas seu estado de saúde se agravou em decorrência da diabetes

16 mai 2024 - 16h09
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: YouTube/Waldiney Passos / Pipoca Moderna

O cantor Missinho, primeiro vocalista e fundador da banda baiana Chiclete com Banana, morreu aos 64 anos por falência múltipla de órgãos nesta quinta-feira (16/5), em Salvador, na Bahia. A informação foi confirmada pela família do artista.

No início de maio, Missinho tinha dado entrada com crise renal no Hospital Roberto Santos, localizado na capital baiana. O músico ficou internado por 15 dias, mas seu estado de saúde se agravou devido a diabetes. Ele já tinha ficado hospitalizado três meses no Hospital Metropolitano de Lauro de Freitas e também no Hospital Sagrada Família.

A banda Chiclete com Banana lamentou a despedida do ex-integrante: "A sua participação foi de fundamental importância. Teve espaço pra mostrar o seu talento, e mostrou. Trouxe para nós a necessidade do autoral, compôs canções maravilhosas e executou seu instrumento com muita habilidade", escreveu no Instagram.

Quem era Missinho

Edmilson de Amorim Ferreira, conhecido pelo codinome Missinho, foi convidado a participar do grupo de axé em 1980, quando o nome ainda era "Scorpius". Nos anos seguintes, a banda estourou nas rádios como Chiclete com Banana.

No grupo, ele assinou a autoria de vários sucessos de axé, como "Mistério das Estrelas", "Jamaica", "Olhos da Noite", "Tieta do Chiclete" e "Lua Menina". As faixas fazem parte do repertório da banda e dos trios elétricos de Salvador até hoje.

Apesar do sucesso, Missinho deixou a banda baiana em 1986, quando foi substituído por Bell Marques nos vocais. Ele chegou a comentar à época que tinha ocorrido um desgaste natural entre os músicos e disse que precisava mudar de ares.

Em entrevista concedida ao g1 em 2015, o artista afirmou que não estava arrependido da decisão de seguir carreira solo, apesar de não ter atingido o mesmo espaço no cenário musical que tinha ao lado do grupo de axé.

Pipoca Moderna Pipoca Moderna
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade