0

'Jesus is King' de Kanye West chega ao topo das paradas

Álbum teve o equivalente a 264 mil vendas nos EUA na semana de lançamento

4 nov 2019
17h58
  • separator
  • 0
  • comentários

Em seu último álbum, Jesus Is King, Kanye West perdeu vários prazos, fez aparições públicas irregulares e promoveu seu trabalho como a mais recente manifestação de seu gênio autodeclarado. Em outras palavras, negócios como sempre.

E mais uma vez, West liderou a parada de álbuns da Billboard, quando Jesus Is King estreou no primeiro lugar - sua nona vez consecutiva na posição de destaque. Jesus Is King, lançado pela Def Jam, teve o equivalente a 264 mil vendas nos Estados Unidos na semana de lançamento, incluindo 197 milhões de streams e 109 mil cópias vendidas como um álbum completo, segundo a Nielsen.

Suas vendas foram ajudadas por acordos que uniram cópias digitais do álbum com mercadorias no site de West - como um par de meias de US$ 20 e um moletom com capuz de US$ 170 - e ofereceram aos fãs a compra antecipada dos ingressos para um "próximo evento Kanye West" não especificado.

O álbum também liderou as paradas de álbuns cristãos e evangélicos da Billboard, marcando as primeiras aparições de West nesses rankings. Todos os álbuns de West, incluindo Watch the Throne, sua parceria com Jay-Z de 2011, lideraram a Billboard 200, a parada de álbuns da revista, com exceção de sua estreia, The College Dropout, em 2004 - que ficou em segundo lugar por Feels Like Home, de Norah Jones.

O Hollywood's Bleeding de Post Malone, número 1 da semana passada, caiu para o segundo lugar, enquanto Pony (RCA), o primeiro álbum de grandes gravadoras de Rex Orange County - um cantor britânico de pop indie que construiu um número considerável de seguidores - começou em terceiro. O AI YoungBoy 2, do rapper YoungBoy Never Broke Again, é o número 4, e a cantora de R&B Summer Walker está em quinto lugar com Over It.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade