PUBLICIDADE

Iguinho e Lulinha emplacam 10 milhões de streams com 'Fora do Comum'

8 jul 2024 - 13h39
(atualizado às 13h54)
Compartilhar
Exibir comentários

Nas últimas semanas, as redes sociais foram dominadas pelo forró da dupla Iguinho e Lulinha. Intitulada Fora do Comum, a faixa faz parte do EP O Forró Continua e já pode ser considerada um dos grandes hits do São João de 2024 com mais de 10 milhões de streams nas plataformas.

A dancinha criada viralizou entre os internautas e já foi publicada por mais de 200 mil pessoas, inclusive por celebridades como Mari Fernandez, Zé Vaqueiro, Priscila Senna, Mirela Janis, Eslovenia, Beatriz Reis Brasil, Mileide Mihaile entre muitas outras.

Com batidas contagiantes e uma letra chiclete, Fora Do Comum se encontra em 10° lugar no TOP 50 e em 24º posição no Viral 50 do TikTok. Após terem cumprido a maior agenda do São João deste ano, com 56 shows em junho, os irmãos seguem agora com 43 apresentações confirmadas para julho, totalizando em 99 performances durante 61 dias seguidos.

O recorde de shows em 24 horas também foi alcançado por Iguinho e Lulinha após o duo realizar cinco apresentações em apenas um dia.

Após a explosão, a dupla gravou um videoclipe, ao vivo, durante um show lotado na cidade de Serrinha (BA). Com o público todo cantando cada verso da letra, o clipe chegou no canal dos artistas no YouTube nesta semana.

Não é de hoje que sua dedicação e profissionalismo se destaca no período junino: em 2023, os sergipanos também foram os donos da maior agenda de São João, com 52 shows marcados.

Atualmente, os artistas contam com mais de 3,6 milhões de seguidores, 4,8 milhões de ouvintes mensais no Spotify e mais de meio bilhão de visualizações em seu canal no YouTube.

Há um ano, São João de Campina Grande movimentou R$ 500 milhões

Há um ano, o evento conhecido como o Maior São João do Mundo, realizado na cidade de Campina Grande, na Paraíba, teve  32 dias de festa, com shows e manifestações culturais. Ao todo, 2,5 milhões de pessoas passaram pelo Parque do Povo, epicentro do evento, onde se apresentaram 98 atrações, somente no Palco Principal do evento, somando 230 horas de shows.

Grandes artistas, como: Xand Avião, Elba Ramalho, Flávio José, Solange Almeida, Alok, Mari Fernandez, Leo Santana, Simone Mendes, Menos é Mais, Alceu Valença e Roberta Miranda; se apresentaram no evento, que foi marcado não só pela grandiosidade, mas também pela mistura de ritmos.

Durante os 32 dias de festa, três shows pirotécnicos de fogos de artifícios foram realizados, com duração de cinco minutos cada. O primeiro durante a abertura do evento; o segundo no dia 23 de junho, véspera de São João; e o terceiro durante o encerramento. Além disso, um show de drones marcou o encerramento da festa, formando elementos e palavras que representam o São João de Campina Grande, em sincronia com a música Olha Pro Céu.

Um importante marco deixado por esta edição do evento, foi a reciclagem de mais de 57 toneladas de resíduos sólidos, que foram coletados durante os dias de festa, um total de 13 toneladas a mais que na edição anterior.

Cerca de R$ 500 milhões foram injetados na economia local e nacional, além da geração de 5 mil empregos diretos e indiretos, sendo 1 mil apenas na montagem da estrutura e os outros 4 mil durante todo o evento.

Parárraiá, o 'São João da Amazônia' atraiu 200 mil pessoas por noite

Um dos movimentos culturais mais famosos do Brasil certamente é a Festa Junina. Símbolo tradicional de confraternização do povo, esse evento que atrai milhares de pessoas todos os anos também conta com sua valorosa versão amazônica, o Parárraiá, conhecido como o São João da Amazônia.

A festa, que aconteceu em Belém (PA) entre os dias 13 e 16 de junho atraiu pelo menos 200 mil pessoas por noite.

"O São João tem mobilizado o Nordeste por muitos anos, sendo uma data importante para o comércio da região, similar ao Natal e ao Dia das Mães. Temos certeza que o Parárraiá vai ser o primeiro de muitos, atraindo turistas da região da Amazônia e de todo o Brasil para Belém, capital da Amazônia", observou o ministro Celso Sabino.

The Music Journal The Music Journal Brazil
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade