0

Meghan Markle teria provocado demissão de assistente pessoal

Segundo uma fonte do jornal britânico 'The Mirror', a duquesa fazia muitas exigências a Melissa Toubati e a teria feito chorar

6 dez 2018
13h14
atualizado em 7/12/2018 às 05h17
  • separator
  • comentários

No começo de novembro, a imprensa internacional noticiou a demissão da assistente pessoal de Meghan Markle. Agora, uma fonte do jornal britânico The Mirror disse que o motivo teria sido a própria duquesa de Sussex.

Segundo a pessoa, que não foi identificada, Melissa Toubati, de 39 anos, estava constantemente sob pressão, porque Meghan demandava muito dela e a teria feito chorar.

"O trabalho dela era altamente pressionado e no fim ficou demais. Ela aguentou bastante. Meghan exigia muito dela e isso acabou com ela em lágrimas", disse.

Melissa deixou o posto depois de seis meses de trabalhos prestados à duquesa. A assistente também teria exercido um "papel pivô" no sucesso da cerimônica de casamento entre Meghan e o príncipe Harry.

"Melissa é totalmente profissional e fantástica em seu trabalho, mas as coisas vieram à tona e foi mais fácil para ambas seguir caminhos separados", comentou a fonte.

A imprensa internacional não deu detalhes sobre a demissão de Melissa, e algumas pessoas ponderam que o volume de trabalho geralmente é alto para assistentes reais. No caso, Meghan e sua auxiliar apenas não teriam tido compatibilidade para trabalhar juntas.

Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade