PUBLICIDADE

Juliette é seguida por Lula e atacada por Carlos Bolsonaro

Campeã do 'BBB21' deixou a casa, mas sua fama continua nas redes sociais - e também no cenário político

6 mai 2021 18h06
| atualizado às 18h34
ver comentários
Publicidade
Foto: Twitter/Juliette / Pipoca Moderna

O programa pode ter acabado na terça-feira, mas o 'BBB21' continua no ar nas redes sociais. Os participantes que mais marcaram a edição do reality show seguem ganhando seguidores e alimentando tretas, agora em clima político.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) passou a seguir a campeã do programa, Juliette Freire, e seus colegas Gil "do Vigor" Nogueira e Arthur Picoli "do Conduru". Os três BBBs já deram sinais de que são eleitores do PT e, durante o programa, Gil chegou a brincar que, caso não tivesse sucesso após o reality, poderia entrar para política. Arthur falou que só votaria nele se fosse candidato do PT, ao que Gil respondeu "No mínimo, né?".

O que vai acontecer com os protagonistas do BBB21?:

Por outro lado, Carlos Bolsonaro decidiu comprar briga gratuita com os seguidores de Juliette. O filho 02 disse que a paraibana teria feito um gesto racista numa foto, embora a imagem deixe claro que isso não aconteceu. O ataque teria a intenção de justificar gesto racista supostamente similar (mas na prática muito diferente) de um amigo complicado, o assessor especial para Assuntos Internacionais da Presidência da República, Filipe Martins, que foi indiciado pela ofensa na mesma terça-feira que consagrou a campeã do BBB com 90% de aprovação do público.

"Vão querer prender a vencedora do 'Big Brother Brasil' também ou só vale quando é pra esculhambar alguém próximo a quem não se gosta? Nunca foi sobre o que se faz, mas sobre quem faz… as 'narrativas do bem'!", escreveu o filho do presidente, tentando defender o assessor. O post com uma foto da vencedora do reality fazendo um sinal de 'ok' com as mãos, em pose de meditação, acabou transformando mais um Bolsonaro em alvo de críticas.

Se estivessem no "BBB 21", Lula iria para o segundo turno e o filho de Jair seria eliminado com 99% de rejeição.

 

Pipoca Moderna Pipoca Moderna
Publicidade
Publicidade