PUBLICIDADE

"Foi tranquila, sem traumas", conta empresário de Elza Soares

Cantora faleceu nesta quinta-feira, 20, aos 91 anos, no Rio de Janeiro

21 jan 2022 09h53
| atualizado às 10h02
ver comentários
Publicidade
Elza Soares será velada nesta sexta-feira, 21, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro.
Elza Soares será velada nesta sexta-feira, 21, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro.
Foto: Instagram/@elzasoares / Famosos e Celebridades

Pedro Loureiro, empresário de Elza Soares, detalhou os últimos momentos da cantora, que morreu nesta quinta-feira, 20, aos 91 anos. "Ela estava bem, gravou o DVD no dia 17 e 18 de janeiro. Acordou hoje e fez fisioterapia. Tudo normal. A gente até percebeu um leve cansaço nela, uma respiração mais ofegante, mas achamos que foi por causa da fisio", contou ao G1.

Após esse momento, a artista pediu para descansar e começou a falar embolado. No entanto, garantiu que estava bem. Tempo depois, Elza dirigiu-se aos familiares e disse: "Eu acho que vou morrer".

Com a declaração, sua pressão arterial e oxigenação foram checadas, apresentando pequena alteração. Por precaução, o médico de Elza foi chamado e enviou uma ambulância para o local; 40 minutos mais tarde a cantora mudou o semblante, até que apagou. 

"Foi uma morte tranquila, sem traumas, sem motivo. Morreu de causas naturais. Esse, aliás, era o grande medo dela: ter uma morte sofrida, por doença. Hoje, ela simplesmente desligou", reforçou.

Velório

Em publicação nas redes sociais, a equipe anunciou que Elza será velada no Theatro Municipal, com cerimônia aberta ao público, das 10h às 14h.

Já o corpo será sepultado no Jardim da Saudade Salucap, que também fará uma homenagem na capela VIP. O sepultamento será no setor do Cristo Rendentor. 

Famosos e Celebridades
Publicidade
Publicidade