3 eventos ao vivo

Pandemia foi determinante para a expansão dos games mobile

Boa parte da população mundial ficou em isolamento em 2020, o que gerou uma demanda de entretenimento dentro de casa

29 dez 2020
16h32
atualizado às 16h33
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A pandemia obrigou boa parte da população mundial a ficar em isolamento social em 2020, e com isso, criou-se uma nova demanda de entretenimento acessível dentro de casa. Neste cenário, os games mobile ganharam mais alcance pela praticidade e acessibilidade. Foram muitas horas de gameplay, o que gerou um crescimento de 26% nesta indústria, segundo dados de empresas especializadas em análise de mercado.

Este crescimento é tão significativo que a tendência é ver esta área da indústria mudando o “mindset” nos próximos anos para melhorar a experiência desses jogadores e, claro, expandir esse mercado que já provou ter uma demanda astronômica.

Segundo levantamento realizado pela Statista, empresa alemã de análise de mercado, 2.4 bilhões de pessoas estão jogando games mobile neste encerramento de ano em 2020. A expectativa para 2021 é que esse número chegue a 2.7 bilhões.

A mesma pesquisa também revelou que a receita total deste mercado em 2019 foi de U$ 152 bilhões de dólares, números superiores aos gerados por todas as outras plataformas de games juntas, como consoles e PCs.

Recortes por país

Segundo dados da NPD, empresa norte-americana de pesquisa de mercado, em sua última divulgação a respeito do comportamento dos consumidores de Home Entertainment, em dezembro, concluiu que são 246 milhões de usuários só nos EUA. Isso representa um crescimento de mais de 18 milhões desde a pesquisa de 2019. Ao todo, os gamers gastaram duas horas a mais por semana jogando - de 13 para 15 horas.

De acordo com o relatório Games Market Dynamics, também da NDP, os gastos gerais do consumidor da indústria em jogos de vídeo nos EUA continuaram a quebrar recordes, atingindo 11.2 bilhões de dólares no terceiro trimestre de 2020 (julho - setembro), um aumento de 24% em comparação com o mesmo período do ano passado.

Trazendo este recorte para o Brasil, o crescimento mobile também foi muito significativo. Os gamers brasileiros gastaram mais tempo em dispositivos móveis que a média. São mais de nove horas por mês e esses usuários representam um universo de 73 milhões de pessoas.

Números dos gamers brasileiros em 2020
Números dos gamers brasileiros em 2020
Foto: Comscore/Reprodução

Estes números mostram o que já se pode observar há alguns anos no cenário: que este  mercado não para de crescer e veio pra ficar. Games mobile tem uma vantagem muito grande de permitir que jogue a qualquer momento, em qualquer lugar. Uma que os PCs e consoles têm grande dificuldade em combater, sem contar o Nintendo Switch – que, no entanto, tem um preço bem “salgado” no Brasil.

Em resumo, ainda que esses jogam tenham a tendência natural de serem mais simples e básicos do que em outras plataformas, o avanço da tecnologia tem possibilitado cada vez mais riqueza e complexidade às narrativas, e até mesmo jogos desenvolvidos originalmente para plataformas como PlayStation e Xbox já são encontrados neste universo. Certamente, uma aposta que as desenvolvedoras estão trilhando com bastante assertividade.

Os games mobile somaram 2.4 bilhões de usuários ao redos do mundo em 2020
Os games mobile somaram 2.4 bilhões de usuários ao redos do mundo em 2020
Foto: Reprodução

 

Fonte: Equipe portal
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade