0

Dicionário de nordestinês

Celso Calheiros
Direto do Recife

O Brasil é um país continental e uma consequência das nossas dimensões está nas características do português falado em cada região. Aqueles que procuram conhecer as festas juninas em Caruaru, Pernambuco, e Campina Grande, na Paraíba, devem se familiarizar com o jeito mais acelerado de se falar. Não há qualquer semelhança com o sotaque ouvido, muitas vezes, por atores em novelas regionais.

A primeira impressão está na velocidade com que os nordestinos costumam conversar. Logo, preste atenção e entenda que algumas palavras podem ter sofrido uma contração. O famoso "oxênte" é um exemplo. A expressão deve ser originária de um "olha, gente!" e vem sendo contraído até hoje. Só os mais velhos são capazes de dizeer "oxênte". Os mais novos já exclamam um "ôxi" e, em breve, será "xi". A língua do povo é viva.

Além da fala mais rápida, leve em consideração que, em geral, o nordestino é muito hospitaleiro e simpático com o visitante. Se o objetivo for estabelecer uma comunicação, seja receptivo ao diferente e não se importe em dizer que não está entendendo. A solução pode estar no interesse do seu interlocutor.

Como apoio, um breve dicionário do "nordestinês" dessa região Caruaru-Campina Grande. O breve pequeno dicionário não tem grandes pretensões e foi escrito no melhor princípio do espírito livre da internet. Em outras palavras, outros autores pensaram nestes verbetes antes de mim e, em alguns, achei sem sentido melhorar o significado. Logo, a autoria do texto abaixo é difusa.

A

Alesado = Substantivo masculino, dado a leseiras, bobo, abestalhado.

Abilobado = Qualidade daquele que perdeu o juízo, às vezes momentaneamente. "Abilolou, foi?". Também pode ser em caráter permanente. "Agora abilolou de vez".

Alfinin = Iguaria nordestina; doce fino feito da rapadura. Diabéticos devem evitar olhar.

Amancebado = Situação irregular ou provisória em um relacionamento amoroso. O mesmo que amigado.

Amarrado = Qualidade do pão duro; mesquinho; avarento; pirangueiro.

Alpercata = Sandália de couro.

Aperriar = O mesmo que amolar, perturbar, desviar a atenção.

Aperriado = Com pressa, avexado.

Arengar = Tirar a atenção, pertubar. "Mainha! Ó ele me arengando!"

Arretado = Diz-se de algo muito bom, mas também pode ser usado para qualificar alguém bravo. "Hoje eu estou arretado".

Afolosado = Algo que perdeu a forma, ficou folgado ou frouxo. "A dentadura afolosou".

Arreda = Interjeição de desobstrução. O mesmo que "sai da frente", afaste-se, xô.

Arrodear = O mesmo que dar a volta, fazer o rodeio.

Arrochado = Pessoa de palavra, que faz o que promete; também algo apertado.

Avalie = Imagine; muito usado como figura de linguagem. "Agora, avalie o tamanho da encrenca".

Avexar = Apressar, aperriar. A música "Os escafandristas", de Chico Buarque, poderia ser: "Não se avexe não, que nada é para já".

Avoar = Jogar fora, atirar ao leo, arremessar.

Acoitou = Ofereceu ajuda, deu guarida.

Assunta bem = Preste muita atenção.

Abiscoitado = Tolo, bobo, ingênuo.

Abusar = Perturbar além da conta; passar dos limites.

Acochado = Apertado; bem junto. "Vou deixar os parafusos bem acochados".

A como é? ou Acumé? = O mesmo que "quanto é que custa?". Utilize nos mercados livres no Nordeste. O preço muda.

Alcatifa = Carpete.

Altear = Aumentar o volume.

A pulso = À força, na marra. No Recife, existe uma comunidade que se chama Entra Apulso.

Arrasta pé = Dança animada; forró; baião.

Arribar = Sair; ir embora.

Aruá = Caramujo de jardim; pessoa lenta.

Avacalhar = Esculhambar; ironizar.

Avia = Apressa, agiliza. "Avia logo, esse menino!"

Avuado = Destraído; pouco orientado.

B

Baitola = Termo pejorativo para homossexual masculino.

Batoré = Indivíduo de baixa estatura, o mesmo que tamborete.

Balaio = Um cesto grande.

Badoque = Estilingue; atiradeira.

Babão = Bajulador; puxa-saco.

Bafafá = Confusão; bagunça; balbúrdia.

Bexiguento = Pessoa sem qualidades; desgramado; gangrenado.

Bixiga-lixa = Qualidade do maloqueiro; agitador; arruaceiro.

Bizonho = Bizarro.

Brenha = Lugar distante; de difícil acesso.

Bacurau = Nome de ave com hábitos noturnos, também serve para se referir a serviços no horário da noite. "Perdi meu ônibus. Agora só o bacurau".

Bestar = Andar sem destino; abestadamente.

Bunda-canastra = Cambalhota.

Boiar = Sobrar.

Bulir = Mexer com alguém, de preferência com alguém que estava quieto.

Butija = Tesouro escondido.

Bigu = Carona.

Boga = Ânus.

Botar galha = Ser infiel em um relacionamento amoroso.

Brebote = Comida de baixo valor nutritivo, normalmente atrativa aos gulosos.

Bregueço = Objeto sem valor; desprezível.

Buliçoso = Aquele que mexe em tudo.

C

Caceteiro = Adjetivo para aquele que gosta de brigar; jogador que faz faltas.

Cambito = Perna fina.

Cipuada = Pancada forte.

Cabra = Referência genérica a uma pessoa, em geral do sexo masculino. "Cabra bom".

Cão chupando manga = Diz-se de pessoa corajosa, destemida.

Catota = Secreção nasal; meleca.

Caixa-prego = Referência a lugar distante, mais próximo do que as brenhas.

Chapa = Peça feita por protético ou radiografia do pulmão.

Chapéu de touro = Diz-se da pessoa que mantém relacionamento com infiel.

Correr frouxo = Diz-se de algo que se tem em abundância.

Confeito = Bala (de comer, não o projétil).

Cotoco = Um pedaço. Pode ser referência a um órgão do corpo amputado. "Perdeu parte do braço e ficou com um cotoco".

Catraia = Mulher feia ao extremo (Convém não comentar com a própria).

Cabrita = Menina ou menina-moça.

Caixa-dos-peito = Caixa toráxica.

Cangalha = Pessoa com as pernas arqueadas.

Carão = Repreensão; bronca.

Caritó = Diz-se de mulher que não conseguiu casar. "Ela ficou no caritó".

Catombo = Se for na cabeça é um galo, mas pode ser usado em qualquer parte do corpo ou superfície; calombo.

Cocorote = Cascudo.

Conxambrança = Acordo entre duas ou mais pessoas, com objetivo maldoso.

Corta-jaca = Intermediário de namorados.

Cavalo-do-cão = Pessoa que se propõe a fazer tudo; pessoa com planos de abraçar o mundo; também diz de quem conta vantagem.

D

Dar o grau = caprichar.

Divera = Verdadeiro, de verdade.

Doidera = Acesso de loucura, endoidamento.

De hoje a oito = Neste mesmo dia, na próxima semana; de hoje a oito dias (inclusive o dia de hoje).

Derna = Desde.

De rosca = Algo difícil de ser realizado, demorado. "Esse suco está de rosca".

Desenxavido = Desinibido.

Desopilar = Descontrair.

Desmilinguido = Magro; sem vigor.

Disgramado - Atrevido ou sujeito desgraçado.

Do tempo do ronca = Muito antigo; fora de moda; cafona; ultrapassado.

E

É o deiz = Diz-se de algo muito bom; merece nota dez.

Encarcar = Apertar com pressão. "O pitoco da campanhia está com defeito. Encarque"

Emburacar = Entrar à força; ingressar sem pedir licença.

Emburrado = Cara fechada; amuado; invocado; com raiva; carrancudo.

Empretecer = Escurecer; ficar preto.

Enxerido = Pessoa metida; alguém que tira liberdades; safado, namorador. "Deixe de ser enxerido, cabra".

Escarafunchar = Ciscar; procurar; revolver em busca de alguma coisa.

Esse menino = Vocativo utilizado em circunstâncias na qual não se conhece o nome de quem se chama. "Ô, esse menino, onde é a feira da sulanca?".

Estrebuchar = Estertor; agito de quem pode vir a morrer; morrer.

Empazinado = Cheio; mais do que satisfeito.

Empaxado = Má digestão; ocorre com quem se empazinou de comida.

Empiriquitar = Arrumar-se em demasiado; comprar muitas roupas.

Engabelar = Enganar, iludir.

Engomar = Passar à roupa com goma; passar à roupa com cuidado.

Estribado = Com recursos; com mufunfa, cheio da grana.

E eu seio? = Expressão utilizada por quem não sabe. "E eu seio nada disso, rapá?"

Espinhela caída = Diz-se de pessoa desanimada; desgostosa; deprimida.

F

Fechicler = Vem do francês, fecho-ecler, o mesmo que zíper (que vem do inglês).

Fiofó = Referência ao cóccis ou ao ânus.

Folote = O mesmo que folgado; afolosado; frouxo; largo.

Forró = Vem do inglês for all; para todos. Por falar nisso, ônibus vem do latim omnibus, também para todos.

Froxo = Contração raivosa para frouxo; medroso; covarde.

Fuxico = Fofoca; intriga; frutica; mexerico.

Fulero = Fuleiro; sem valor; reles; insignificante.

Fazer mau = Relação sexual obtida com alguma vantagem indevida. "Ele fez mal à moça".

Foi mal = Pedido de desculpas; perdão.

Fila duma égua = Xingamento com referência caluniosa à genitora. Pode-se usar sem ofensas, como interjeição para a mula que empacou.

Fiteiro = Comércio informal de calçada; ponto de venda de confeito.

Flexero = Mergulho de cabeça.

Folote = Frouxo; folgado.

Fubento = Desbotado; gasto; muito usado.

Fazer o balão = Dar a volta com o carro em um girador; arrodear.

Filar = Colar no colégio; olhar a resposta da prova dos outros.

G

Galalau = Homem de estatura elevada, capaz de tirar coco sem vara.

Gastura = Mãos frias, ardor estomacal, comichão, prurido.

Gazear = Faltar à aula ou ao trabalho; vadiar.

Gibão = Casaco de couro; usado por vaqueiros.

Gota-serena - Interjeição de irritação, usada por quem está zangado. "Tá cá gota-serena!"

Gasguita = Voz esganiçada.

Guisado = Forma de cozinhar utilizando o tempero; refogado.

Gabiru = Rato grande.

Galego = Pessoa loira ou alourada.

Gelo baiano = Blocos brancos de concreto usado nas vias públicas.

Girador = No trânsito, local onde os veículos fazem a volta, rotatória.

Graxa = Molho de comida.

I

Inhaca = Cheiro forte; catinga de suor.

Invocado = Pessoa com raiva; emburrado; cismado.

Imburacar = Entrar sem pedir permissão, sem ser convidado.

Incangado = Em cima; junto; inseparável.

Ingembrado = Torto; com a espinhela caída.

Içá = Formiga com asas, que aparece após a chuva. Come-se frita na manteiga

J

Jabá = Carne de charque.

Jagunço = Segurança particular armado; guarda-costas; capanga (não confundir com a bolsa de mão masculina de mau-gosto).

Jante = Roda do carro.

Jerimum = Abóbora.

L

Laranja-cravo = Mexerica ou bergamota.

Liso = Sem dinheiro.

Lambança = Arruaça; bagunça.

M

Malamanhado = Sem vestimenta adequada; desarrumado; mal vestido.

Mangar = Caçoar; rir dos outros. "Não mangue de mim, não".

Má-querença = Sem vontade ou com má vontade; sem desejo algum.

Marretar = O mesmo que roubar.

Maruim = Mosquitinho.

Massa = Coisa boa; de primeira.

Mainha = Mamãezinha.

Miolo de pote = Coisa sem importância.

Munganga = Repertório de movimentos; caretas; trejeitos. "Jim Carrey é muito mungangeiro".

Muriçoca = Inseto semelhante ao pernilongo (Sudeste).

Maldar = Interpretar com maldade; utilizar o pior sentido.

Meiota = Meia garrafa de cachaça.

Mundiça = Povão; gente simples; plebe rude.

Mamulengo = Fantoche; marionete; boneco de pano.

Miaeiro = Cofrinho para moedas.

Macaxeira = Variedade comestível de mandioca.

Matuto = Caipira; pessoa da lida rural.

N

Não empurra um prego num mamão maduro = Expressão em referência a quem não faz nada; exagero de preguiçoso.

Num fresque, não = Expressão que solicita o fim da brincadeira ou o fim da manha.

Nó cego = Problema de difícil solução; sujeito enrolado; situação complicada.

O

Oitão = Os lados livres de um imóvel. "Ele arrodeou pelo oitão"

Ondonde = Onde.

Oxente! = Expressão de surpresa; espanto.

Oxi = Contração de "oxente!", que está em desuso. Possivelmente, vem do "olha só minha gente!".

PPisa = Surra.

Pantim ou pantinho = manha; resmungo. "Não sei se está doente ou é só pantim".

Pitoco = Um pequeno botão; algo pequeno

Peba = Algo de má qualidade, que é ruim.

Painho = Papaizinho

Pedir penico = Desistir.

Pipoco = Estouro; barulho grande.

Pixototinho = Algo muito miúdo.

Possa ser = Provavelmente.

Presepeiro = Espalhafatoso; escandaloso.

Pai d'égua = Muito legal; bacana; porreta.

Papel de enrolar prego = Diz-se de pessoa grosseira. Pode-se dizer também lixa.

Pé de pau = Referência genérica para uma árvore. "Aquele pé de pau ali, ó".

Pelejar = Tentar até a exaustão.

Penso = Não é o verbo, é algo pendente; torto; troncho.

Pitéu = Elogio à mulher jovem e bonita.

Possa ser que sim, possa ser que não = Algo sem certeza; talvez.

Patuscada = Molecagem.

Paia = Algo de pouca qualidade ou mulher feia.

Peguento = Suado; suarento.

Peitica = Pessoa insistente; renitente.

Perronha = Sujeito que joga mal o futebol.

Pixaim = Cabelo crespo; enrolado.

Pirangueiro = Pão duro; amarrado; muquirana. "Era tão pirangueiro que guardava um escorpião no bolso".

Q

Quenga = Profissional do sexo na terceira idade ou com serviços a preços promocionais.

Quietei = Fiquei quieto; acalmei.

Que nem = A igual a; tal qual.

RRemoso = Comida mais forte, que deve ser evitada quando a imunidade estiver baixa. "Bode não é remoso, mas camarão é".

Rapariga = Em Portugal, é feminino de rapaz. No Nordeste, é profissional do sexo; utilizado em xingamentos. "Filá de uma rapariga!"

Remela = Secreção ocular.

Rachão = Jogo informal de futebol; pelada.

Rebolar no mato = Jogar fora; atirar longe; avoar.

Raçudo = Corajoso.

Ronxa = Hematoma.

Relar = Arranhar.

Rela-buxo = Festa onde se pode dançar; forró.

S

Sarrar = Dar um amasso; namorar.

Sofrente = Pessoa sofredora.

Sustância = Que tem substância; energia. "O caldo é bom, tem sustância"

Semvergonhagem = Semvergonhice.

Sobejos = Restos; sobras.

T

Tamborete = Pequeno banco; pode ser referência jocosa a pessoa de baixa estatura.

Trancelim = Pequeno cordão de ouro ou prata, adorno para o pescoço

Troncho = Pendente, penso, escangalhado.

Triscar = Tocar; roçar de leve.

Trupicão = Topada.

Tá com a bexiga lixa = Interjeição, diz-se de que está com tudo.

Tá com a bubônica = Interjeição semelhante a "tá com a bexiga", só que mais forte.

Tá com a moléstia = Interjeição semelhante a "tá com a bubônica", mas mais intensa.

Tabacudo = Abestalhado; abobado, abilolado.

Tampa = sujeito bom em algo.

Tampa de crush = Diz do cara que é "muito tampa", pessoa rara.

Torar = Partir; quebrar.

Torar um aço = Sentir medo intenso; passar por situação de aperto.

Traquino = Menino agitado; bagunceiro.

VVarapau = Homem alto e magro.

Vexado = Apressado.

Visse = Interjeição de reforço; funciona como "viu", "compreendeu".

Vixe = Exclamação de surpresa ou espanto, nova leitura de "Virgem Maria Santíssima".

Vôte = Exclamação de espanto.

Vou chegando = Vou embora; fui.

Virado no mói de coentro = Estar com tudo em cima, não dever nada a ninguém.

X

Xi = Referência de espanto, contração quase muda de ôxe.

Xexeiro = Caloteiro; deve e não paga.

Xexo = Seixo; pedaço de pedra lisa é também referência para trambique; enganação.

Xibiu = Órgão genital feminino.

Xoxo = Pequeno; franzino.

Z

Zambeta = Com pernas arqueadas.

Zuretado = Nervoso.

Zarolho = Estrábico; vesgo.

Zoada = Barulho; confusão.

Zona = Bagunça; confusão. "Esse quarto está uma zona".

Zumbido = Ruído forte e estridente.

Iguarias recebem nomes diferentes dependendo da região; veja alguns exemplos
Iguarias recebem nomes diferentes dependendo da região; veja alguns exemplos
Foto: Maria Re / Divulgação
Fonte: Terra

compartilhe

publicidade
publicidade