2 eventos ao vivo

Maurício de Sousa anuncia remake de 'A Princesa e o Robô'

Criador da Turma da Mônica deu spoiler na CCXP sobre desejo de seguir com produções para o cinema após sucesso de 'Turma da Mônica Laços'

7 dez 2019
14h14
atualizado às 15h13
  • separator
  • 0
  • comentários

Maurício de Sousa anunciou que o clássico “A Princesa e o Robô” (1983) deve ganhar uma nova roupagem muito em breve. Durante a CCXP 2019, o criador da Turma da Mônica afirmou que o título está entre os mais cotados para um novo longa. O anúncio acontece após o primeiro live-action da Maurício de Sousa Produções (MSP), o “Turma da Mônica Laços” (2019), bater mais de 1,5 milhões de espectadores e a arrecadação de R$ 22 milhões.

Mauricio de Sousa, criador da Turma da Mônica, é entrevistado na Comic Con Experience 2019
Mauricio de Sousa, criador da Turma da Mônica, é entrevistado na Comic Con Experience 2019
Foto: BRUNO COTRIM / FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO

“A ‘Princesa e o Robô’ está sendo estudado para virar um desenho de longa-metragem, com uma técnica muito mais desenvolvida, para entreter em 3D e tudo mais. Tá todo mundo meio saudoso desse filme”, disse o quadrinista em painel realizado na manhã deste sábado (7), na São Paulo Expo, onde acontece a CCXP 2019. A ressalva que o quadrinista fez é que o título, especificamente, ainda está em fase de negociações, mas garantiu que há diversas outras histórias cotadas para o cinema – mas não detalhou.

Outra novidade anunciada pela MSP foi a data de estreia de Turma da Mônica “Lições” para 10 de dezembro de 2020. A história será uma sequência do primeiro live-action da turminha do limoeiro. Assim como Laços, o novo longa, em graphic novels, foi escrito e desenhado pelos irmãos Vitor e Lu Cafaggi.

 

 

Exposição MSP em Paris

O sucesso da exposição “História dos Quadrões”, que reproduz quadros icônicos com o protagonismo de personagens da “Turma da Mônica”, fez com que as réplicas das obras de arte rodassem os museus do mundo. Segundo Mauricio de Sousa, o próximo destino a cidade luz. “Os quadrões já estiveram nos maiores museus da Coreia, há o interesse do Japão, mas o mais importante é que nós acabamos de negociar a exposição dos quadrões em Paris”, anunciou Mauricio de Sousa.

Veja também

CCXP: as experiências geeks e os lugares instagramáveis

 

Fonte: Equipe portal
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade