PUBLICIDADE

Curtas brasileiros marcam presença no Festival de Cannes

25 mai 2013 11h39
| atualizado às 11h40
ver comentários
Publicidade

Os curtas brasileiros Pátio e Pouco mais de um mês marcaram presença em mostras paralelas do Festival de Cannes, concorrendo com outras oito produções.

<p>O elenco do filme &#39;The Immigrant&#39; participou de uma sess&atilde;o de fotos nesta sexta-feira (24) no festival de cinema de Cannes. Entre os presentes estavam o atores Marion Cotillard e Jeremy Renner e o diretor James Gray</p>
O elenco do filme 'The Immigrant' participou de uma sessão de fotos nesta sexta-feira (24) no festival de cinema de Cannes. Entre os presentes estavam o atores Marion Cotillard e Jeremy Renner e o diretor James Gray
Foto: Getty Images

Pátio, de Ali Muritiba, retrata o dia a dia de presos que jogam futebol, dançam capoeira e falam sobre liberdade. A filmagem é feita de trás das grades do presídio. A produção compete com outras oito na Semana da Crítica do festival.

O Brasil também está representado na Quinzena dos Realizadores, com Pouco mais de um mês, de André Novais Oliveira, que explora jogos de luz para contar a história de um casal que se conheceu recentemente, na vida real e na ficção. O cineasta prepara seu primeiro longa, Ela volta na quinta.

Apesar de não haver nenhum representante da América Latina entre os nove curtas que disputam a Palma de Ouro neste domingo, o Festival de Cannes exibiu criações de vários autores latinos em várias seções. Além do Brasil, há filmes de Colômbia, Chile e Argentina. Em alguns casos, são prévias de projetos cinematográficos mais ambiciosos.

Além dos filmes que passaram pelas seleções oficial e paralela, há em Cannes o Short Film Corner, um fórum de discussões e contatos em que estão inscritos centenas de curtas-metragens do mundo inteiro.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
Publicidade
Publicidade