PUBLICIDADE

Mais de 100 desfiles do carnaval de rua de São Paulo são cancelados

Desistências foram publicadas no Diário Oficial desde o fim do ano passado

31 jan 2024 - 17h05
(atualizado às 18h15)
Compartilhar
Exibir comentários
No total, 118 blocos de rua desistiram de desfilar em São Paulo
No total, 118 blocos de rua desistiram de desfilar em São Paulo
Foto: Ricardo Matsukawa

Mais de 100 blocos de rua em São Paulo deixarão de desfilar este ano. A Prefeitura registrou, até esta quarta-feira, 31, 118 desistências, todas publicadas no Diário Oficial desde o final do ano passado.

Na lista, há blocos como o Bloco da Preta, Domingo Ela Não Vai e Meu Santo É Pop. Neste ano, 590 blocos chegaram a se inscrever para desfilar.

O bloco Meu Santo É Pop chegou a reunir 50 mil pessoas no carnaval de 2023. Em contato com o jornal Folha de S. Paulo, os organizadores dos blocos informaram que não conseguiram verba suficiente e que a Prefeitura de São Paulo demorou para anunciar o patrocinador oficial da folia. 

O horário limite para a dispersão também foi mencionado pelos organizadores. Este ano, a prefeitura estipulou que a dispersão aconteça até as 17 horas.

À Folha, a Administração afirmou que R$ 26,6 milhões negociados são direcionados para a estrutura. Este ano, R$ 2,5 milhões serão distribuídos a 100 blocos, escolhidos por uma comissão.

Em contato com o Terra, a Secretaria Municipal das Subprefeituras informou que os dados sobre os cancelamentos dos blocos serão compilados e divulgados na sexta-feira, 2. No entanto, a pasta informou que realiza reuniões constantes com os organizadores dos blocos desde dezembro, e todos os blocos cadastrados terão estrutura necessária para realização dos desfiles. Entre os itens oferecidos, estão equipes de segurança, gradis, tapumes, banheiros químicos, limpeza e fiscalização. 

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade