1 evento ao vivo

Casa Verde leva natureza à avenida e pede sustentabilidade

2 mar 2014
04h36
atualizado às 05h21
  • separator
  • 0
  • comentários

A penúltima escola do Grupo Especial do Carnaval de São Paulo chamou a atenção para o desenvolvimento sustentável em seu desfile, na madrugada deste domingo no Sambódromo do Anhembi. Pensando nas gerações futuras, a Império de Casa Verde destacou a importância da preservação da natureza e da diminuição da poluição ao redor do planeta. 

Confira a Previsão do Tempo para São Paulo no Carnaval

"Plantar a semente do amor e preservar a nossa terra abençoada pelo criador", pediu a escola no refrão do samba enredo "Sustentabilidade, construindo um mundo novo”. A Império foi fundada em 1994 e, no Carnaval deste ano, comemorou os 20 anos de existência. 

Símbolo da escola, o tigre foi retratado no abre-alas da escola com o corpo cheio de engrenagens. A Império de Casa Verde fazia, assim, alusão à Revolução Industria e aponta o período como marco inicial da agressão à natureza.

A água teve bastante espaço durante o desfile da agremiação, que destacou a importância do líquido cristalino (“mãe da existência” de acordo com o nome da ala das baianas) e alertou para o perigo da contaminação em uma ala logo atrás.

A água também figurou na bateria da escola, que apresentou os quatro elementos vitais da natureza: o setor foi dividido em quatro cores, que também representavam terra, fogo e ar. Ao mesmo tempo, a Império de Casa Verde mostrava os problemas decorrentes do descaso com o meio-ambiente (como poluição e queimadas) e propunha soluções, como reciclagem de lixo e uso de energias renováveis.

<a data-cke-saved-href="http://diversao.terra.com.br/carnaval/duelo-bumbuns-rio-x-sp/" data-cke-168-href="http://diversao.terra.com.br/carnaval/duelo-bumbuns-rio-x-sp/">veja o infográfico</a>

<a data-cke-saved-href="http://diversao.terra.com.br/carnaval/musas-do-carnaval-2014/" href="http://diversao.terra.com.br/carnaval/musas-do-carnaval-2014/">veja o infográfico</a>
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade