0
Logo do Carnaval de Salvador
Foto: Alessandro Buzas / Futura Press

Carnaval de Salvador

Inovações deixam Carnaval de Salvador ainda mais democrático

Com grande cobertura e investimentos, folia baiana aposta em novidades e atrações diversas para tornar a festa ainda mais dinâmica

8 fev 2018
14h31
atualizado às 14h56
  • separator
  • comentários

Ter uma festa cada vez mais democrática, dinâmica e diversificada. Com essa proposta, o Carnaval de Salvador começa oficialmente nesta quinta-feira, com a abertura no Circuito Dodô (Barra – Ondina), a partir das 16h. A expectativa é que cerca de 770 mil turistas visitem a capital baiana.

A abertura oficial da folia será nesta quinta-feira; serão mais de mil horas de música ao longo do Carnaval
A abertura oficial da folia será nesta quinta-feira; serão mais de mil horas de música ao longo do Carnaval
Foto: Valter Pontes/SECOM

Gerente de marketing da Empresa Salvador Turismo (Saltur), Rodrigo Cavalcanti destaca que uma iniciativa da organização é justamente expandir ainda mais a folia, com novas atrações. “A gente tem, na verdade, a diversificação do Carnaval. Quando levamos mais ações para o bairro, por exemplo, a gente oferece mais opções para as pessoas. A prefeitura pensa nessa comodidade para o público. Ações muitos diversas, com dez palcos em sete bairros, bandas de estilos musicais diferentes. Isso dá uma riqueza maior ao Carnaval de Salvador”, destacou.

Em relação à programação, uma das novidades apontadas pelo gerente de marketing é o Carnaval Náutico: “também é uma forma de dinamizar a festa. Temos a expectativa de reunir 150 embarcações, em uma iniciativa que chega justamente para atender a mais uma demanda importante”, disse. “O Carnaval de Salvador é uma grande transformação. Ratifica que é uma festa democrática”, acrescenta.

E um dos pontos destacados também por ele é a maior divulgação ao longo do ano. “As maiores novidades são a implementação de campanhas de promoção durante todo o ano. Implementamos ações em São Paulo, parcerias com as agências de turismo, companhias aéreas também, que aumentam a abrangência da festa”, explicou.

A festa irá movimentar R$ 55 milhões em investimento público e privado, além de R$ 1,7 bilhão em movimentação de negócios e 250 mil empregos temporários gerados. Em relação à rede hoteleira, haverá mais de 90% da ocupação.

Tecnologia é destaque

Cavalcanti ressalta que a tecnologia tem sido cada vez mais utilizada, o que também tem permitido que a folia de Salvador se torne cada vez mais referência para outras cidades brasileiras. “A tecnologia atinge o intercâmbio. A RioTur, Belotur, dentre outros, vieram nos visitar. A gente está vendo o Carnaval de São Paulo ganhar força, com o Carnaval de rua. Em volume, vai ser tornar o maior do País. Mas cada Carnaval de Salvador é único, com seus pontos turísticos e formatos de circuitos, que só têm aqui. Ele vem, a cada ano, trazendo novas tecnologias, como banheiros climatizados, melhorando as questões do trânsito, transporte, resolvendo as questões de mobilidade, por exemplo. A gente vai melhorando com a tecnologia e fazendo esse intercâmbio”, ressaltou.

A programação da folia deste ano prevê mais de 700 atrações até o último dia, na terça-feira (13), com ampla cobertura multimidiática. O Terra irá transmitir toda a festa na homepage, no Facebook e no Youtube.

Fonte: ED

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade