PUBLICIDADE

Sabrina Boing Boing faz topless em fantasia de carnaval e é hostilizada

Passageiros do metrô de São Paulo criticaram a influenciadora que vestia saia e cocar

9 fev 2024 - 23h35
(atualizado em 10/2/2024 às 00h11)
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
Sabrina Boing Boing foi hostilizada em um dos vagões do metrô de São Paulo por usar uma fantasia de carnaval de topless com referência a povos indígenas.
Sabrina Boing Boing se fantasiou com referências indígenas e foi hostilizada
Sabrina Boing Boing se fantasiou com referências indígenas e foi hostilizada
Foto: Reprodução/Instagram

A influenciadora digital Sabrina Almeida, conhecida como Sabrina Boing Boing, foi hostilizada no metrô de São Paulo por usar uma fantasia de carnaval de topless. Nesta sexta-feira, 9, ela publicou nas rede sociais um vídeo de repúdio.

Sabrina vestia apenas uma saia e um cocar, com maquiagem em referência aos povos indígenas. Ela estava em um dos vagões do transporte público quando alguns passageiros mostraram estar incomodados com a nudez da fantasia.

No vídeo, ela diz que estava a caminho de um bloco de rua quando percebeu olhares. "Eu estava a caminho de um bloco de rua, e percebi olhares para mim, parecia que as pessoas hostilizavam a minha presença ali. Me senti muito incomodada, logo decidi sair do vagão", declarou.

Sabrina Boing Boing também falou que não entende o motivo das pessoas ficaram incomodadas com sua fantasia. Ela afirma ter escutado alguns passageiros dizendo que sua fantasia indígena era imprópria para o carnaval.

No Instagram, seguidores apontaram que a fantasia seria imprópria por tratar-se de apropriação cultural de povos indígenas. "É algo ofensivo, não é respeitoso com eles", disse um seguidor.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade