PUBLICIDADE

Transresistência: novo livro de Caê Vasconcelos reúne histórias de pessoas trans no mercado de trabalho

Correspondente da Agência Mural, Caê "atualizou" TCC escrito há cinco anos e lançamento será no Dia da Visibilidade Trans

19 jan 2022 20h36
| atualizado em 28/1/2022 às 18h48
ver comentários
Publicidade

O jornalista Caê Vasconcelos, correspondente da Agência Mural na Vila Nova Cachoeirinha, zona norte da capital, vai lançar neste sábado (29) uma nova edição de seu primeiro livro: "Transresistência: Pessoas Trans no Mercado de Trabalho".

Publicado pela editora Dita Livros, "Transresistência" relata as dificuldades que pessoas trans enfrentam para conseguir empregos e também garantir direitos básicos como saúde, educação e moradia.

"Como foi o afeto familiar, como foi o acesso à educação, aos relacionamentos. Tudo isso acaba interferindo no destino de uma pessoa trans", conta o jornalista.

Correspondente da Agência Mural, Caê Vasconcelos lança livro no Dia da Visibilidade Trans @Allan Martin/Divulgação
Correspondente da Agência Mural, Caê Vasconcelos lança livro no Dia da Visibilidade Trans @Allan Martin/Divulgação
Foto: Agência Mural

Trata-se de uma adaptação do livro feito por Caê para o trabalho de conclusão do curso de jornalismo, em 2017.

Essa nova versão conta com cinco perfis que já estavam no TCC, além de oito novos personagens, incluindo aí a vereadora Erika Hilton (PSOL-SP) e o próprio Caê.

"Tem cinco anos que escrevi a primeira versão desse livro e muita coisa mudou. Não tem como não reconhecer que a gente teve avanços, observa ele.

"A transgeneralidade está mais pautada, a gente está conseguindo, por conta da internet principalmente, ter um alcance maior, mas tem muita coisa que eu falo 'meu deus, como isso continua?'"

Caê Vasconcelos

O livro será lançado em 29 de janeiro, data que não foi escolhida por acaso: desde 2004 é celebrado Dia da Visibilidade Trans nesse dia. O evento será na Livraria Martins Fontes, na Avenida Paulista.

"Nem imagino a proporção que esse livro pode alcançar, mas eu espero que quem o pegue entenda que não dá mais. Parafraseando Angela Davis, não basta apenas não ser transfóbico, é preciso combater a transfobia."

 

Caê Vasconcelos atuou como repórter da Ponte Jornalismo por quase quatro anos e foi o primeiro jornalista trans a ocupar a bancada do tradicional programa de entrevistas Roda Viva, da TV Cultura.

SERVIÇO

Horário de funcionamento: 29/1 das 14h às 17h

Endereço: Avenida Paulista, 509, Cerqueira César - São Paulo

Preço: Entrada gratuita

Agência Mural
Publicidade
Publicidade