PUBLICIDADE

Metaverso: o que é isso e como está no nosso dia a dia

No Simplão do Corre desta segunda-feira (21), Roberta Camargo fala sobre Metaverso, um universo dentro de si mesmo

21 fev 2022 - 08h00
(atualizado em 25/2/2022 às 17h42)
Ver comentários

Com uma referência das antigas, já adianto que o nosso papo hoje tá mais pra desenho dos Jetsons, tá? Hoje conversamos sobre Metaverso, um universo dentro de si mesmo, com novos ambientes conectados que existem dentro do nosso universo da vida real. Imagina caminhar pelas ruas, chegar na feira pra escolher e comprar suas verduras, cumprimentar seus vizinhos… Tudo isso enquanto sua música favorita toca no fundo e do lugar que você bem entender estar fisicamente. Parece papo de filme de ficção científica, mas é a realidade. E digo mais, é o presente.

simplão no corre
simplão no corre
Foto:

Isso não é nenhuma novidade para o mundo dos games, já que um dos jogos mais famosos da história, o The Sims, é o que chamamos de um simulador de vida: Você cria seu personagem para viver a vida dele. Constrói casa, trabalha, cozinha, tem opções de lazer e cria conexões com outros personagens. A grande mudança é que na realidade virtual, seu personagem é você mesmo e suas atividades são reais.

Essa não é uma realidade muito acessível para boa parte dos brasileiros, já que ainda é muito discutido o acesso a necessidades básicas para qualidade de vida, como saneamento básico, alimentação, trabalho, renda, e com os avanços tecnológicos do mundo, é possível imaginar que cada dia estamos mais próximos de enxergar o acesso a internet como necessidade básica. 

Quem me ajudou a compreender melhor essa realidade e o contexto do nosso país em relação a isso foi a Camila Hamden, que é doutora em tecnologia pela UNB e coordenadora do projeto de edução tecnológica ‘Nas ondas da Maré’, na periferia do Rio de Janeiro. Há dez anos, era difícil imaginar que celulares seriam tão acessíveis e necessários como são agora em 2022, mas é isso que o campo das novas tecnologias desenvolve: o surgimento e estabelecimento de inovações que, aos poucos, se tornam mais baratas, populares e uma grande parte do nosso cotidiano.

Se o metaverso pode ser uma tecnologia dominante pro nosso futuro, ainda vamos enxergar isso dia após dia, mas as gerações anteriores também vivenciaram a mudança do rádio para TV, da TV pro celular, e talvez a gente viva pra ver a evolução da imagem que você vê no nosso papo de hoje na tela, esteja aí em pé na sua sala trazendo notícias do mundo do jeitinho que eu sempre trago. Nos vemos no futuro, aliás, no presente.

Fonte: Simplão no Corre
Publicidade
Publicidade