PUBLICIDADE

É assim que astronautas veriam Marte se estivessem na órbita do planeta

A sonda Odyssey, da NASA, tirou fotos de Marte a 400 km de altitude, mostrando a visão que astronautas teriam se estivessem orbitando o Planeta Vermelho

29 nov 2023 - 11h46
(atualizado às 14h10)
Compartilhar
Exibir comentários

O orbitador Odyssey, da NASA, tirou novas fotos de Marte que revelam o planeta de um jeito para lá de diferente. A sonda fez uma série de imagens panorâmicas, que mostraram aos cientistas a curvatura da paisagem marciana sob espessas camadas de nuvens e poeira.

Foto: NASA/JPL/Malin Space Science Systems / Canaltech

Para produzir o registro, o Odyssey capturou 10 imagens panorâmicas enquanto estava a 400 quilômetros da superfície, altitude semelhante àquela da Estação Espacial Internacional em sua órbita ao redor da Terra.

Você confere o resultado abaixo:

Horizonte de Marte em foto da sonda Odyssey (Imagem: Reprodução/NASA/JPL-Caltech/ASU)
Horizonte de Marte em foto da sonda Odyssey (Imagem: Reprodução/NASA/JPL-Caltech/ASU)
Foto: Canaltech

Jonathon Hill, líder de operações da câmera do Odyssey, comentou que, "se houvesse astronautas em órbita sobre Marte, esta é a perspectiva que eles teriam". "Nenhuma espaçonave em Marte jamais teve esta vista antes", finalizou.

Esta visão é pouco comum porque consegui-la não é nada fácil. Para tirar fotos, os engenheiros da NASA e da Lockheed Martin Space planejaram as observações com o instrumento THEMIS durante três meses.

Ele é um dispositivo sensível ao calor, sendo capaz de mapear gelo, rochas, areia, poeira e até mudanças de temperatura na superfície de Marte. Por isso, os cientistas quiseram usá-lo para conseguir uma visão completa da atmosfera do planeta, que poderia ajudá-los a melhorar os modelos da atmosfera marciana.

Foto da lua Fobos

Para aproveitar ao máximo a oportunidade, a equipe da missão também tirou fotos de Fobos, uma das luas de Marte, e a registraram em um ângulo e em iluminação diferentes do comum. "Isso torna [a foto] parte única do nosso conjunto de dados de Fobos", disse Hill.

O Odyssey capturou esta sequência de imagens da lua Fobos (Imagem: Reprodução/NASA/JPL-Caltech)
O Odyssey capturou esta sequência de imagens da lua Fobos (Imagem: Reprodução/NASA/JPL-Caltech)
Foto: Canaltech

A nova imagem vai ajudar os cientistas a entenderem melhor a composição e as propriedades desta lua. Assim, os dados podem ajudar a dar um fim às dúvidas sobre se Fobos é um asteroide capturado ou se fez parte da estrutura de Marte.

Fonte: NASA

Trending no Canaltech:

Canaltech
Compartilhar
Publicidade
Publicidade