Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Rússia diz ter destruído carregamento de armas ocidentais para a Ucrânia

Países ocidentais forneceram armas à Ucrânia, incluindo artilharia, mísseis antiaéreos, armas antitanque e outros equipamentos poderosos

21 mai 2022 11h14
Compartilhar
Dia 5/5 - Foto recente mostra os restos do An-225 Mriya, que era o maior avião do mundo antes de ser bombardeado na guerra
Dia 5/5 - Foto recente mostra os restos do An-225 Mriya, que era o maior avião do mundo antes de ser bombardeado na guerra
Foto: Reuters

MOSCOU - O Ministério da Defesa da Rússia anunciou neste sábado, 21, que as forças russas destruíram um grande carregamento de armas ocidentais no Noroeste da Ucrânia com mísseis de longo alcance.

"Mísseis Kalibr lançados no mar de alta precisão e longo alcance destruíram um grande lote de armas e equipamentos militares perto da estação ferroviária de Malin, na região de Zhytómyr, enviados pelos Estados Unidos e países europeus", disse o Ministério.

Publicidade
Militares ucranianos tomam posição em uma zona entre as áreas de Luhansk e Donetsk, na Ucrânia; país recebeu armamento do Ocidente para se defender das tropas russas Foto:

As armas eram destinadas às forças ucranianas em Donbass, no leste da Ucrânia, uma região de língua russa que foi parcialmente controlada por separatistas pró-russos desde 2014 e agora é palco de intensos combates.

O governo de Vladimir Putin enviou tropas para a Ucrânia em 24 de fevereiro, dizendo que seu objetivo era "desnazificar" o país, que tem um governo pró-ocidente, e proteger a população de língua russa.

Contrários à invasão, os países ocidentais forneceram armas à Ucrânia, incluindo artilharia, mísseis antiaéreos, armas antitanque e outros equipamentos poderosos, mas o governo ucraniano vem pressionando seus aliados por mais apoio. 

 

Publicidade
Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações