Mais de 1.000 cursos com certificado por menos de R$0,70 por dia.

Chega ao Brasil sistema blockchain que protege dados de segurança dos EUA

GuardTime, utilizado também pela OTAN - Organização do Tratado do Atlântico Norte, agora também é oferecido aos setores público e privado no Brasil.

7 mai 2021 14h01
Compartilhar

A falsificação de documentos físicos e digitais é um fenômeno que persiste no Brasil. Segundo a operação Nota Zero da polícia civil do RJ, entre 2014 e 2018, apenas no Estado do RJ foram emitidos 350 mil diplomas falsos, movimentando cerca de R$ 700 milhões. No final do ano passado, a operação Zero Lastro prendeu, na cidade do Rio de Janeiro, uma quadrilha que vendia cédulas de dinheiro, diplomas universitários e vários outros documentos falsos como RGs, CPFs, certidões de nascimento, entre outros.

Foto: JGI/Jamie Grill Getty images / DINO

No entanto, há diversas soluções para o enfrentamento à falsificação de documentos. O governo dos EUA, por exemplo, utiliza o blockchain GuardTime para proteger informações estratégicas de segurança de Estado. Este sistema já está disponível também no Brasil, oferecido pela empresa Ceptis Digital, por meio do Certus.

Publicidade

De acordo com a Ceptis Digital, o Certus gera QR Codes invioláveis para a proteção de dados de documentos digitais e impressos - à prova de hackers e falsificadores. "Não existe a possibilidade de adulteração dos dados tratados no Certus porque a tecnologia utiliza Criptografia e KSI Blockchain Guardtime, as mesmas soluções utilizadas pelo Departamento de Segurança dos EUA e pela OTAN - Organização do Tratado do Atlântico Norte", explica Philippe Ryser, CEO da Ceptis.

Combate aos diplomas e documentos falsos

De acordo com dados do Ministério da Educação (MEC) de 2020 há estimativas de que, no Brasil, são emitidos por ano cerca de 1,1 milhão de certificações e diplomas de cursos técnicos e profissionalizantes da rede pública e privada. O número já é muito próximo aos diplomas de ensino superior, que é cerca de 1,2 milhões/ano no país.

O crescimento de cursos profissionalizantes também tem gerado o aumento do mercado ilegal de diplomas falsos. Os desenvolvedores do Certus afirmam que, além de o sistema impossibilitar falsificações, o Certus também colabora com a proteção da reputação das instituições de ensino. Por exemplo, uma escola de capacitação profissional pode ter a imagem prejudicada quando pessoas não qualificadas utilizam diplomas falsos com o nome da instituição.

A qualidade da formação oferecida passa a ser questionada. "Uma pessoa que apresenta, por exemplo, um diploma falso de operador de empilhadeira irá executar mal suas funções, manchando a reputação do curso que alegará ter realizado. E mais grave: colocará a vidas das pessoas em risco", explica Ryser.
Um sistema seguro de verificação também é fundamental para empresas de recrutamento checarem a verdadeira qualificação e formação dos candidatos.

Publicidade

Como funciona o Certus

No caso de um diploma, por exemplo: primeiro todo o conteúdo relevante do documento é criptografado e enviado para uma nuvem, e a informação é protegida pelo blockchain KSI, absolutamente seguro. Então, é gerado um QR Code seguro e criptografado que é inserido ao documento - e já poderá ser checado por um app gratuito ou pelo website verificador do Certus.

O Certus oferece níveis de segurança aos diversos usuários - oferecendo a eles a possibilidade de comprovar suas identidades e suas realizações educacionais, títulos e certificados. As informações fornecidas pelo Certus respeitam a privacidade dos dados pessoais. Nenhuma informação sensível é armazenada na nuvem, estando alinhado à LGPD - Lei Geral de Proteção de Dados. Assim, o objetivo do Certus é garantir a segurança, a credibilidade e reputação das instituições, gerando confiança aos profissionais, aos recrutadores e às instituições envolvidas.

Criada em 2016, a Ceptis detém o direito de explorar as atividades tecnológicas de rastreabilidade segura garantindo a originalidade e a qualidade de diversos produtos. A empresa utiliza produtos e soluções desenvolvidos há mais de 90 anos na Suíça, aplicadas em mais 20 países. A Ceptis tem como propósito integrar tecnologias digitais, de tintas de segurança e soluções sustentáveis para a produção agrícola.



Website: https://www.ceptis.com.br

Publicidade
Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
Está gostando da notícia? Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações