Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Salles fez bom trabalho e deixa um legado, diz ministra

Tereza Cristina afirmou que o ex-chefe do Meio Ambiente cumpriu seu trabalho em uma pasta "muito difícil"

24 jun 2021 08h38
| atualizado às 08h55
Compartilhar

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, afirmou nesta quinta-feira que o agora ex-titular do Meio Ambiente Ricardo Salles deixa um legado após um "bom trabalho" de dois anos e seis meses no governo do presidente Jair Bolsonaro.

Tereza Cristina e ex-ministro  Salles em evento no Planalto
 22/3/2021 REUTERS/Ueslei Marcelino
Tereza Cristina e ex-ministro Salles em evento no Planalto 22/3/2021 REUTERS/Ueslei Marcelino
Foto: Reuters

Em entrevista à CNN Brasil, a ministra afirmou que Salles, que pediu demissão na véspera, cumpriu seu trabalho em uma pasta "muito difícil", acrescentando ainda que a agricultura não pode ser vista como vilã do meio ambiente.

Publicidade

Demissão de Salles

A demissão de Salles aconteceu em meio às investigações sobre a suposta participação do ex-ministro em esquemas para a exportação de madeira ilegal, bem como pressão de organismos internacionais para que o País reveja a política de combate ao desmatamento. A gestão de Salles à frente da pasta foi marcada pelo desmonte de órgão de fiscalização ambiental e sucessivos recordes no avanço do desmatamento.

Salles afirmou que pediu demissão do cargo para que, de forma "mais serena possível", o País alcance "uma união muito forte de interesses, de anseios e esforços".

Na última semana, negociações bilaterais sobre questões ambientais entre Brasil e Estados Unidos foram suspensas, o que acendeu o "sinal amarelo" entre autoridades e parlamentares para os riscos de sanções econômicas. Para a presidente da Comissão de Relações Exteriores do Senado, Kátia Abreu (PP-TO), o congelamento das conversas tem relação com as investigações contra o ex-ministro e com a paralisia no combate ao desmatamento.

Publicidade
Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações