URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Veja como é a loja da SHEIN no Shopping Estação, que abre as portas nesta sexta-feira; ingressos esgotaram em 60 minutos

A loja pop-up (loja temporária) da SHEIN desembarcou em Curitiba para uma curta temporada e abre as portas nesta sexta-feira...

12 abr 2024 - 10h27
(atualizado às 14h03)

A loja pop-up (loja temporária) da SHEIN desembarcou em Curitiba para uma curta temporada e abre as portas nesta sexta-feira (12), no Shopping Estação. A loja fica aberta por quatro dias e não há informações sobre novos lotes de ingressos. A Banda B teve a chance de conhecer o local em primeira mão e é isso que a gente te conta agora. Veja o vídeo abaixo.

Foto: Lucas Sarzi/Banda B. / Banda B

Com o crescimento exponencial da marca no Brasil, a SHEIN vem investindo no país como mercado estratégico na América Latina, por meio de experiências que vão além do app. Depois do sucesso das lojas pop-ups em Salvador, Belo Horizonte e Rio de Janeiro, em 2023, a marca agora muda de rota para se conectar com um de seus principais públicos na região Sul.

Publicidade

A localização, o alto fluxo e a democratização do Shopping Estação foram critérios que facilitaram a escolha do empreendimento para receber a primeira pop-up SHEIN no Sul do Brasil.

Para acessar a loja, foram disponibilizados 8 mil ingressos, gratuitos, que se esgotaram em menos de uma hora. A expectativa da marca é receber 1200 visitantes por dia e vender 80% do estoque durante a operação.

Quem garantiu o ingresso, tem que seguir algumas regras: o acesso à loja vai ser permitido por meio de agendamento prévio, de acordo com o horário do ingresso que a pessoa conseguiu. 

Com 600m², a loja da SHEIN no Shopping Estação, localizada no segundo piso, é inspirada em elementos clássicos da cultura curitibana, com espaços temáticos para os consumidores que desejarem fotografar seus looks.

Publicidade

São mais de 13 mil itens de vestuário, com preços que vão de R$ 21,90 a R$ 329,99. Tem roupas femininas, masculinas, infantis e, pela primeira vez em pop-ups, itens para pets.

Mais de 55% do estoque da loja temporária é composto por peças produzidas no Brasil. Já entre os itens internacionais, os consumidores terão acesso a duas marcas da SHEIN: Dazy, com coleções versáteis e muito estilo a preços acessíveis, e MOTF, com peças mais clássicas e elegantes, para ocasiões desde o trabalho até festas. Os tamanhos vão do PP ao G1 e G4, com coleções plus-size.

Foto: Lucas Sarzi/Banda B. / Banda B

Além de poder olhar as roupas, sentir o tecido e dar aquela passeada entre as araras, na loja também dá para fazer outra coisa que pelo site é impossível: provar as peças antes de levar pra casa. Inclusive porque não serão permitidas trocas de produtos na loja, incluindo peças comprados no site e no app da SHEIN.

Outro benefício da loja é que todos os visitantes terão 10% de desconto sem valor mínimo, e 20% de desconto e brinde exclusivo em valores acima de R$450. As compras físicas estarão sujeitas à disponibilidade de estoque e, caso o cliente queira comprar um produto já esgotado em loja, ele poderá adquirir o mesmo item pelo app ou site, com um desconto especial.

Publicidade

Quem não conseguiu ingresso, talvez tenha uma nova chance em algum momento, se a marca resolver ficar mais um tempo e abrir novos lotes ou em um possível retorno da SHEIN para Curitiba. Em todo caso, pelo menos a gente tem o site para dar aquela olhadinha, né?

Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações