Laudo confirma estupro de adolescente por fotógrafo em Santa Maria

Homem de 41 anos suspeito de estupro tem liberdade provisória concedida, gerando indignação

9 dez 2023 - 20h50

O laudo pericial no caso de um fotógrafo de 41 anos suspeito de estuprar uma adolescente de 17 anos em Santa Maria foi divulgado nesta quinta-feira (7). Segundo a advogada da vítima, Renata Quartiero, o laudo indica que o estupro foi consumado. Apesar da gravidade do crime, o suspeito teve seu pedido de liberdade provisória acatado pela Justiça na quarta-feira (6).

Foto: Reprodução / Porto Alegre 24 horas

Na quarta-feira, os pais da adolescente prestaram depoimento, e nesta quinta-feira, mais duas pessoas foram convocadas para depor. A advogada da vítima expressou sentimentos de decepção, revolta e indignação diante da decisão de liberar o suspeito para responder ao processo em liberdade.

Publicidade

A Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) de Santa Maria conduz a investigação do caso. A delegada Luiza Sousa informou que o inquérito deve ser concluído em 10 dias e enviado ao Poder Judiciário. Além dos depoimentos, imagens de câmeras de segurança do local estão sendo analisadas.

Além deste caso, outra jovem relatou ter sido assediada pelo mesmo fotógrafo quando tinha 15 anos. De acordo com a delegada Sousa, outros relatos começaram a emergir, embora ainda não tenham sido formalizados em registros de ocorrência. Ela aconselha que possíveis vítimas registrem ocorrência e procurem a delegacia.

O caso remonta à noite de segunda-feira (4), quando o fotógrafo foi preso em flagrante sob suspeita de estuprar a adolescente de 17 anos em uma igreja na Região Oeste de Santa Maria. O suspeito estava prestando serviços no local e não era integrante da instituição.

Curtiu? Fique por dentro das principais notícias através do nosso ZAP
Inscreva-se