Tire a ideia do papel e crie hoje o site para o seu negócio com até 35% de desconto

Flávio Bolsonaro pede boicote aos patrocinadores do Minas

Mauricio Souza foi desligado da equipe mineira por pressão da Fiat e da Gerdau após postagens homofóbicas

28 out 2021 09h29
Compartilhar

O senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) saiu em defesa de Maurico Souza após o jogador de vôlei ser demitido pelo Minas Tênis Clube por comentários homóficos nas redes sociais. O filho do presidente Jair Bolsonaro sugeriu um boicote aos patrocinadores da equipe mineira após a pressão das marcas pelo desligamento do central.

Senador Flávio Bolsonaro no Congresso 16/06/2021 REUTERS/Adriano Machado
Foto: Reuters

"Não compre produtos da Fiat e da Gerdau, são contra a liberdade de opinião! Estes patrocinadores do vôlei do Minas Tênis Clube são os responsáveis pela perseguição ao grande Maurício Souza! Comer o pão que o diabo amassou pra vencer na vida, pelos próprios méritos, não vale nada para esses patrocinadores. Toda minha solidariedade a você, Maurício! Não vai faltar time querendo seu talento e respeitando suas opiniões", escreveu Flávio em postagem de Maurício no Instagram.

Publicidade

O Minas anunciou a rescisão com Mauricio Souza na tarde de quarta-feira. O atleta havia sido afastado na terça-feira em razão da pressão de patrocinadores do time provocada por uma série de declarações homofóbicas em suas redes sociais. Ele foi multado e orientado a se retratar. No mesmo dia à noite, fez uma retratação tímida no Twitter, plataforma que pouco utiliza e na qual tinha menos de 100 seguidores no momento da publicação.

Na quarta, voltou a pedir desculpas, desta vez por meio de um vídeo no Instagram onde fizera as postagens preconceituosas, mas novamente de forma protocolar. Não convenceu a opinião pública, os patrocinadores e o Minas, que anunciou sua dispensa minutos depois de o jogador fazer a publicação.

No vídeo, o central passou a mensagem de que não estava arrependido e lamentou por, na sua visão, não poder expressar o que acredita ser a sua opinião.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Publicidade
Fonte: Equipe portal
Fique por dentro das principais notícias de Esportes
Ativar notificações