URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Minas vence clássico e é campeão da Superliga Feminina

21 abr 2024 - 12h40
(atualizado às 17h52)

O clássico Pão de Queijo ganhou mais um capítulo na história do vôlei feminino brasileiro. Neste domingo (21), Gerdau Minas e Dentil Praia Clube se enfrentaram pela quinta vez consecutiva na final da Superliga Feminina de vôlei. Na decisão histórica realizada em uma capital do Nordeste, o Minas levou a melhor e se sagrou hexacampeão no Recife. O título veio com o placar de 25/23, 21/25, 25/16 e 25/21. É o sexto título minastenista, colocando a equipe como segunda maior campeã da competição.

Minas e Praia Clube
Minas e Praia Clube
Foto: Hedgard Moraes/Minas Tênis Clube / Olimpíada Todo Dia

Antes de chegar na final, o Minas passou por altos e baixos na fase classificatória, bem diferente das temporadas anteriores. Com sete derrotas em 22 partidas, o time de Belo Horizonte ficou com a terceira posição e teve que passar por duelos difíceis nos playoffs contra Fluminense e Osasco.

Publicidade

Com o título deste domingo, o Minas chega a sua sexta conquista na competição. Neste ano, a equipe comandada por Nicola Negro também levantou os troféus do Campeonato Sul-Americano de Clubes e da Supercopa Brasil de vôlei feminino. Nessas finais, encarou justamente seu arquirrival, Praia Clube.

Resumo do jogo

Ambas as equipes castigaram a bola no início do primeiro set. Aparentando nervosas, as jogadoras erraram vários lances básicos. Apesar disso, não faltou entrega de nenhum lado e disputa foi ponto a ponto na maior parte do tempo, com várias alternâncias no placar. O Praia sofreu mais com um saque tático do Minas, que conseguiu uma sequência de bloqueios com Julia Kudiess e abriu 3 pontos de vantagem, a maior da parcial. Mesmo com uma reação do time de Uberlândia no fim, a vitória ficou com o clube da capital mineira: 25 a 23.

O embalo da vitória no primeiro set foi levado pelo Minas. A equipe mineira aproveitou a recepção instável das rivais e conseguiu abrir 3 pontos de vantagem novamente. Contudo, dessa vez, o Praia Clube reagiu mais cedo e ajustou o passe para buscar uma virada e fazer 17 a 16 em uma passagem de Milka no saque. Com a diferença no marcador revertida, o time de Uberlândia empatou com 25 a 21.

O Praia começou o terceiro cometendo inúmeros erros. As comandadas de Paulo Coco demoraram até acertar um saque na quadra adversária. Sem ter nada haver com isso, o Minas aproveitou a tensão das rivais e dominou a parcial, fechando com quase 10 pontos diferença: 25 a 16.

Publicidade

No quarto set, a tônica da partida voltou a ficar equilibrada. Embora tenha começado com 3 pontos atrás, o Praia Clube buscou uma virada de 7 a 10 para 14 a 13. Depois disso, o placar mudou de liderança várias vezes até que o Minas encaixou uma sequência de pontos e faturou o título da Superliga Feminina com 25 a 21 na parcial final.

Curtiu? Fique por dentro das principais notícias através do nosso ZAP
Inscreva-se