Kaká elege sua seleção de todos os tempos; confira escalação

Jogador selecionou a lista com atletas que enfrentou e também jogou junto

5 fev 2024 - 12h12

O ex-jogador de futebol e ídolo do Milan, Kaká, compartilhou sua seleção de todos os tempos, reunindo alguns dos maiores nomes que o esporte já viu. A lista, cuidadosamente selecionada pelo brasileiro, reflete em jogadores que o ex-meio-campo enfrentou e também jogou junto.

Foto: Lance!

A seleção dos 11 melhores de Kaká é uma mistura de experiência, técnica refinada e magia pura. Cada jogador escolhido contribuiu de maneira única para o futebol mundial, e a combinação de suas habilidades certamente resultaria em um belo time. Vamos dar uma olhada mais de perto na equipe escolhida pelo ex-craque:

Publicidade

Goleiro: Dida

Kaká escolheu o experiente goleiro brasileiro Dida para proteger as redes. Com uma carreira impressionante que inclui grandes passagens por Cruzeiro e Corinthians, no Brasil, e pelo Milan, na Itália, Dida é lembrado por sua consistência e defesas de pênaltis monumentais. 

Lateral-direito: Cafu

Uma escolha quase unânime quando se trata de laterais-direitos lendários, Cafu fez história com a Seleção Brasileira, conquistando dois títulos da Copa do Mundo, Libertadores e Mundial com o São Paulo, além de uma grande passagem pelo Palmeiras, sendo também, titular absoluto do Milan. Sua versatilidade, resistência e capacidade de avançar pelo campo o tornam uma adição vital à equipe.

Publicidade

Zagueiro: Maldini

Paolo Maldini, uma lenda do futebol italiano. Capitão por muitos anos no Milan, e na Seleção Italiana, Maldini é lembrado por sua elegância, liderança e contribuição inestimável para a história do futebol. Atuava tanto de lateral quanto de zagueiro. 

Zagueiro: Nesta

Ao lado de Maldini, Kaká escolheu Alessandro Nesta para formar uma dupla sólida na defesa. Nesta, conhecido por sua leitura inteligente do jogo e habilidades defensivas excepcionais, ganhou duas Liga dos Campeões com o Milan e conquistou o tetracampeonato da Itália na Copa do Mundo de 2006. É uma escolha que destaca a excelência na arte da zaga.

Lateral-esquerdo: Roberto Carlos

Outra escolha brasileira, Roberto Carlos, é o escolhido por Kaká para ocupar a lateral-esquerda. Com uma grande história no Real Madrid, o canhoto também teve uma boa passagem pelo Palmeiras, além de conquistar o pentacampeonato mundial com o Brasil em 2002. Famoso por seu poderoso chute e avanços incríveis pelo flanco, ele é uma presença formidável na defesa e uma arma letal no ataque.

Publicidade

Meio-campo: Andrés Iniesta

Andrés Iniesta, conhecido por seu toque delicado e visão de jogo brilhante, é a escolha de Kaká para comandar o meio-campo. Foi o autor do gol que deu o título da Copa do Mundo de 2010 a Espanha, além de conquistar todos os títulos possíveis com o Barcelona. Sua habilidade de controlar o ritmo da partida e criar oportunidades faz dele uma adição crucial à equipe.

Meio-campo: Pirlo

A classe de Andrea Pirlo é inigualável, e Kaká reconhece isso ao incluir o maestro italiano em sua seleção. Com boas passagens em Internazionale e Juventus, teve uma grande história no Milan, o ex-meio-campo, e hoje treinador, também estava no título mundial da Itália em 2006. Pirlo é lembrado por sua visão de jogo refinada, passes precisos e habilidade de ditar o ritmo de uma partida.

Meio-campo: Zidane

Zinedine Zidane, um dos jogadores mais icônicos da história do futebol, faz parte do meio-campo escolhido por Kaká. Ídolo do Real Madrid e da Seleção Francesa, Zidane fez dois gols na final da Copa do Mundo de 1998 contra o Brasil, garantindo assim, o título da equipe em casa. Sua elegância, habilidade técnica e capacidade de decidir partidas o tornam uma escolha natural.

Publicidade

Meio-campo: Ronaldinho Gaúcho

Ronaldinho Gaúcho, o mágico brasileiro, é a escolha de Kaká para dar ainda mais brilho ao meio-campo. Ídolo e embaixador do Barcelona, Ronaldo teve uma boa passagem pelo Milan. Esteve presente no pentacampeonato mundial do Brasil em 2002 e no título inédito da Copa Libertadores do Atlético-MG em 2013, no qual foi um dos protagonistas. Sua criatividade, habilidade em dribles e alegria ao jogar futebol fazem dele uma adição espetacular à equipe.

Atacante: Cristiano Ronaldo

Kaká não poderia deixar de incluir Cristiano Ronaldo em sua seleção de todos os tempos. Ídolo do Real Madrid e do Manchester United, onde conquistou inúmeros títulos, "CR7" foi um dos responsáveis pelo primeiro título continental da Seleção de Portugal, a Eurocopa de 2016. O astro português, conhecido por sua força física, velocidade e incrível capacidade de marcar gols, é uma presença dominante no ataque.

Atacante: Ronaldo Fenômeno

Ronaldo, o Fenômeno brasileiro, completa a formação de ataque. Ídolo de Real Madrid e Barcelona, foi um dos principais jogadores na conquista da Copa do Mundo de 2002 do Brasil, sendo o artilheiro da equipe, com oito gols em sete jogos, além de ter tido uma grande passagem pelo Corinthians. Sua velocidade, habilidade em dribles e faro de gol fizeram dele um dos atacantes mais temidos de todos os tempos.

Publicidade
Fique por dentro das principais notícias de Futebol
Ativar notificações