Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

LeBron leva Lakers à vitória sobre Detroit do vaiado Isaiah uma semana após briga na NBA

No reencontro dos atletas após confusão em quadra, astro do time de Los Angeles marca 33 pontos para os donos da casa no triunfo por 110 a 106

29 nov 2021 09h42
Compartilhar

LeBron James e Isaiah Stewart se reencontraram neste domingo à noite, uma semana após se envolverem em confusão e acabarem expulsos após o astro dos Lakers acertar o rosto do rival, que "partiu" para a briga. O clima foi bastante hostil para o jogador do Detroit Pistons, vaiado o tempo todo e que pouco fez em Los Angeles, em vitória dos donos da casa por 110 a 106 com 33 pontos do seu principal jogador na NBA..

Além de terminar como cestinha do jogo no Staples Center e de ter distribuído outras 9 assistências, LeBron James viu a torcida dos Lakers "culpar" Isaiah pela confusão de sete dias atrás. Assim que o nome do pivô do Detroit foi anunciado, houve uma enorme vaia, em clara demonstração de como seria a noite para o visitante.

Publicidade

"Meu foco agora está em meu time e companheiros, então essa será a última vez que falarei sobre esse assunto. Eu vi o vídeo e, para ser sincero, não acho que tenha sido acidente. Mas essa é a minha palavra final sobre isso. Não quero e não deixarei que a briga defina quem sou nessa liga", afirmou Stewart. "Quero ser definido pela maneira como jogo basquete em quadra."

Por precaução, o pivô evitou ficar próximo de LeBron durante quase todo o jogo. Não se cumprimentaram, tampouco dividiram jogadas. Mas ficou evidente que Isaiah estava bastante mexido com a confusão. Ele anotou somente 5 pontos e tudo o que fez em quadra foi sob vaias. Até mesmo os dois pontos em lances livres.

Já LeBron teve noite de vingança. Foram 33 pontos e, o mais especial deles, uma bola de três em raro momento em que esteve frente a frente com o rival dos Pistons. O astro ainda deu uma "encarada" no banco do Detroit após o lance.

"Eu vi seus comentários, ele sentiu que foi intencional ou não foi um acidente. O golpe real foi de propósito para tirar seu braço de cima de mim, essa parte foi de propósito, mas o ponto da minha mão atingir seu rosto não foi", se defendeu LeBron, por um ponto final da polêmica. "Você pode literalmente passar por inúmeras jogadas na NBA, onde os caras estavam derrubando os braços ou as mãos dos caras tentando tirá-los deles. Se você olhar a jogada de perto, ele meio que perdeu o equilíbrio quando eu o derrubei e foi assim que sua cabeça caiu na minha mão. Então, não foi intencional. Nunca fui aquele jogador, nunca tentei buscar um contato facial assim."

Publicidade

Com o triunfo, o Lakers agora tem 11 vitórias e 11 derrotas na Conferência Oeste e segue correndo riscos de não ir aos playoffs. A campanha de altos e baixos mantém a equipe da Califórnia somente no oitavo lugar. O Detroit está ainda pior no Leste. É o 14° colocado com somente quatro vitórias em 20 partidas.

Confira os resultados deste domingo da NBA

Los Angeles Lakers 110 x 106 Detroit Pistons

Los Angeles Clippers 90 x 105 Golden State Warriors

Indiana Pacers 100 x 118 Milwaukee Bucks

Publicidade

Memphis Grizzlies 128 x 101 Sacramento Kings

Toronto Raptors 97 x 109 Boston Celtics

Confira os jogos desta segunda-feira da NBA

Philadelphia 76ers x Orlando Magic

Miami Heat x Denver Nuggets

Publicidade

Houston Rockets x Oklahoma City Thunder

Minnesota Timberwolves x Indiana Pacers

Chicago Bulls x Charlotte Hornets

San Antonio Spurs x Washington Wizards

Publicidade

Dallas Mavericks x Cleveland Cavaliers

Utah Jazz x Portland Trail Blazers

Los Angeles Lakers x New Orleans Pelicans

Fique por dentro das principais notícias de Esportes
Ativar notificações