Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Apresentador da Band xinga Ivete Sangalo e defende Bolsonaro

Luiz Almir justificou a sua fúria não apenas por ela ter feito isso com Bolsonaro, mas com a “maior autoridade do país”

7 jan 2022 09h44
Compartilhar

O apresentador da Band-RN, Luiz Almir, que comanda o jornal da ‘Nordeste Urgente’, ficou irritado com o fato de Ivete Sangalo ter incentivado um coro contra o presidente Jair Bolsonaro durante um show realizado em Natal, no fim do ano passado, e a xingou.

Luiz Almir atacou Ivete Sangalo Reprodução
Luiz Almir atacou Ivete Sangalo Reprodução
Foto: Reprodução

“Uma cantora que já tá em decadência, que envergonha o nome das mulheres. Eu gostava, não escuto. Em uma televisão, se ela tiver cantando eu mudo de canal. E queria que todo mundo fizesse isso, o Rio Grande do Norte fizesse isso”, esbravejou.



“A vagabunda da Ivete ‘Sangala’ vem fazer um show pra ganhar dinheiro do povo besta do Rio Grande do Norte, em um hotel cinco estrelas cujo dono deve ser irresponsável também, pois se fosse no meu hotel eu tinha botado ela pra fora. E ela ficou cantando e gritando ‘manda Bolsonaro tomar no c*, não tô ouvindo não’… E o povo gritando, os esquerdistas doentes gritando”, ressaltou.

Publicidade

O apresentador justificou a sua fúria não apenas por ela ter feito isso com Bolsonaro, mas com a “maior autoridade do país”.

“Ela foi paga pra cantar. E não é porque é Bolsonaro não. Podia ser Lula, Antônio, Pedro, Manoel… Não importa quem fosse. Ninguém tem o direito de ir cantar, juntar o povo que paga pra ver o show de uma mulher que já está em decadência, velha, feia, frouxa, e a vagabunda fica mandando a maior autoridade do país tomar no c* em pleno microfone em um hotel cinco estrelas”, disparou ele, acrescentando que se fosse em outros lugares Ivete teria “levado ovo na cara”.

Revoltado, Luiz Almir continuou humilhando a cantora. “Fica aí o meu protesto pra essa cantorazinha de quinta categoria. Fique na Bahia”, falou.

“O Papa disse ‘quem respeita a mulher, respeita Deus’, é verdade. Sem a mulher nós não existiríamos, a mulher é a mãe, que nos dá a vida. Mas tem mulher vagabunda, dessa qualidade, que vem ganhar 150, 200 mil ‘conto’ pra cantar em um hotel e fica mandando a maior autoridade do país tomar no c*. Não tenho nada a ver com o show dela. Mostrou o nível, a falta de educação, de nível, e o quanto ela envergonha o nome de ser mulher. Deveriam até examinar, será que aquilo ali ainda é mulher?”, finalizou.

Publicidade
Fonte: Redação Terra
Fique por dentro das principais notícias de Entretenimento
Ativar notificações