PUBLICIDADE

Cuidados com a saúde dos idosos

Para manter bem-estar físico e mental com a idade é preciso combinar estilo de vida saudável e acompanhamento médico adequado

17 ago 2023 - 18h01
Compartilhar
Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa
Foto: Envato

Não há dúvida que os cuidados com a saúde dos idosos são uma área de importância crescente no dia a dia dos brasileiros. No país, 1 em cada 10 pessoas tinham 65 anos ou mais em 2021, segundo o levantamento mais recente do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), divulgado em julho de 2022.

O envelhecimento do brasileiro pode ser verificado por meio de alguns dados. Enquanto a população total registrou um crescimento de 7,7% em dez anos, o número de idosos (com 65 ou mais) aumentou impressionantes 41,6% no mesmo período, de 2012 a 2021.

Com uma expectativa de vida ampliada, fazer uso desses anos a mais com bem-estar requer acompanhamento médico adequado. Promover mais qualidade de vida e prevenir doenças ao longo do envelhecimento é o objetivo da geriatria, especialidade da medicina que procura identificar de modo precoce riscos e vulnerabilidades nos idosos.

Para entender quais são os cuidados para melhorar a qualidade de vida do idoso, vale entender quais são as principais doenças tratadas pela geriatria, por exemplo. A lista inclui alguns dos seguintes problemas de saúde:

  • Avaliação inicial de déficit cognitivo;
  • Insônia;
  • Demência;
  • Doença de Alzheimer;
  • Doença de Parkinson;
  • Manutenção da saúde mental;
  • Reumatismo;
  • Osteoporose;
  • Falta de mobilidade;
  • Fraqueza dos músculos;
  • Problemas de visão, audição e fala.

O médico geriatra se dedica, por exemplo, a ajudar em problemas com a memória do idoso, caso comecem a acontecer esquecimentos. Também cuida da saúde mental dos pacientes, ao ampliar a segurança e rede de cuidados em relação aos idosos.

Caso uma perda parcial de memória passe a impactar de maneira direta o bem-estar e a rotina dos idosos, pode indicar demência, uma das doenças tratadas pelo geriatra. Mas para reduzir esses riscos, qual a melhor maneira de promover a saúde do idoso?

Quais as principais ações que envolvem a saúde do idoso?

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa
Foto: Envato

Especialistas afirmam que existem alguns pilares importantes que devem ser considerados para envelhecer com mais qualidade de vida. Estudos indicam que intervenções no estilo de vida podem aumentar a chance de viver uma vida longa e com bem-estar. As estratégias amplas de estilo de vida, segundo especialistas, são eficazes e estão disponíveis para todos. Os pilares para um envelhecimento saudável são:

  • Fazer exercícios regularmente;
  • Manter uma alimentação saudável;
  • Ter qualidade de sono;
  • Buscar a realização de objetivos de vida;
  • Construir uma forte rede social.

Em 1900, a expectativa média de vida das pessoas era de apenas 45 anos. Atualmente, ela está em 82 anos. À medida que a população envelhece, as doenças relacionadas à idade estão aumentando constantemente.

Atualmente, calcula-se que, em média, uma pessoa possa conviver por dez anos com uma doença crônica ou a incapacidade no final de sua vida. A boa notícia é que os pesquisadores estão descobrindo novas maneiras de minimizar ou evitar os efeitos das doenças relacionadas à idade.

Os pilares do envelhecimento com qualidade de vida podem ajudar o indivíduo a evitar incapacidades relacionadas à idade, manter uma alta capacidade cognitiva e se envolver ativamente com a vida.

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa
Foto: Envato

O exercício regular é uma intervenção poderosa para prevenir ou melhorar muitas das condições associadas à velhice. Além disso, dietas ricas em frutas, vegetais, grãos integrais, peixes, nozes e óleos vegetais demonstram apoiar o envelhecimento com saúde.

Já o sono saudável fornece suporte essencial para os principais sistemas fisiológicos. O sono também é crucial para manter as principais funções cognitivas, como aprendizado e memória, regulação emocional, atenção, motivação, tomada de decisão e controle motor.

Exercício, boa alimentação e qualidade de sono são essenciais para o envelhecimento bem-sucedido. No entanto, essas intervenções não fornecem o significado que faz a vida valer a pena. Além disso, manter uma vida significativa é desafiador diante de adversidades e perdas, ocorrências inevitáveis durante uma longa vida. Por isso, torna-se importante também se atentar à saúde mental, e para isso o idoso pode contar com o apoio de psicólogos para que possam falar sobre suas emoções e questões relacionadas aos desafios que a melhor idade apresenta.

Outro ponto é que os seres humanos são sociais, o que significa dizer que somos naturalmente inadequados para o isolamento. Por isso, um dos melhores preditores de doenças, físicas ou mentais, é o isolamento social ou a solidão.

Por outro lado, as pessoas que desfrutam de alto bem-estar social têm maior probabilidade de vivenciar um envelhecimento saudável. Evidências sugerem que a rede de apoio social pode ser o fator de estilo de vida mais importante de todos para envelhecer com saúde.

Quais cuidados com a saúde dos idosos priorizar?

Um ponto importante é que os pilares do envelhecimento saudável atuam influenciando redes fisiológicas, neurais e psicológicas complexas e interconectadas. Por essas razões, a implementação de intervenções no estilo de vida em todos os pilares é muito mais eficaz do que focar em apenas um ou dois deles.

Por exemplo, combinar dieta e exercício é mais eficaz do que apenas se concentrar na dieta ou no exercício. O sono ideal melhora o exercício e o exercício melhora o sono. O sono é necessário para uma função cognitiva ideal em adultos.

A cognição melhorada aumenta a probabilidade do indivíduo alcançar seus objetivos de vida e manter suas redes sociais. Isso, por sua vez, reduz o estresse, ajuda a dormir e aumenta a chance da pessoa se exercitar.

Conheça o Vida V: atendimento médico de qualidade sem carência

O Vida V é a solução indicada para quem quer uma opção acessível de verdade entre a rede pública (SUS) e os planos de saúde. Só é preciso entrar em nosso portal, escolher a assinatura e baixar o aplicativo para fazer agendamentos de consultas e exames com desconto.

Quem não gosta de pagar mais barato? O Vida V te proporciona descontos em medicamentos que chegam até 35%. E não é só isso, os assinantes podem ter descontos em pacotes cirúrgicos. São mais de 100 pacotes inclusos no nosso serviço.

Consultas com especialistas a partir de R$ 50. Por esse valor você terá atendimento presencial ou por telemedicina (consulta online por vídeo). O agendamento é rápido e fácil por meio do aplicativo ou ligando para a Central de Atendimento ao Assinante.

Com nosso serviço, você é quem escolhe o melhor dia, hora e local para o seu atendimento médico. Tudo feito de modo descomplicado, na palma da sua mão. Essa agilidade também está entre os nossos diferenciais.

Somos o Vida V, o serviço de saúde da Vivo. Nosso propósito é levar saúde para todos de forma rápida a preços acessíveis.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade