PUBLICIDADE

Itália: Ponte Vecchio, em Florença, passará por reforma de 2 anos

A obra dividida em três etapas terá como objetivo a restauração do pavimento, dos pilares e da fachada

24 abr 2024 - 18h13
(atualizado às 18h36)
Compartilhar
Exibir comentários

A prefeitura de Florença anunciou que a partir do próximo outono terão início trabalhos de restauração de uma de suas principais atrações turísticas, a Ponte Vecchio. Localizada sobre o Rio Arno, ligando o Centro Histórico ao bairro de Oltrarno, a ponte só permite a passagem de pedestres e guarda várias joalherias.

A Ponte Vecchio é uma das pontes mais antigas da Europa
A Ponte Vecchio é uma das pontes mais antigas da Europa
Foto: Ilse Orsel/Unsplash / Viagem e Turismo

A prefeitura ressaltou que a construção não apresenta nenhum tipo de problema estrutural e tampouco risco de desabamento. Com o objetivo de restaurar características estéticas e garantir a conservação da estrutura, os trabalhos serão pontuais e permitirão que a ponte permaneça aberta para circulação dos pedestres. A última intervenção na Ponte Vecchio foi feita após a enchente histórica que atingiu a cidade em 1966.

A restauração deve durar dois anos e será dividida em três etapas. Na primeira etapa, que terá início no outono de 2024, o pavimento será impermeabilizado e as pedras que estiverem quebradas serão substituídas. A segunda, prevista para começar no verão de 2025, consistirá na reforma dos pilares que sustentam a ponte sobre o rio. Por fim, no verão de 2026 devem acontecer restaurações nas fachadas, que passarão por limpeza, remoção de partes danificadas e proteção das mais delicadas.

A obra está estimada em dois milhões de euros. Metade do valor será pago pela Prefeitura de Florença, enquanto a outra metade será doada pela família Antinori, proprietária da vinícola de mesmo nome na Toscana que já foi eleita a melhor do mundo.

Qual Estado brasileiro atrai mais turistas estrangeiros? Veja ranking Qual Estado brasileiro atrai mais turistas estrangeiros? Veja ranking

Sobre a Ponte Vecchio

Acredita-se que a primeira versão da ponte tenha sido construída em madeira ainda durante o Império Romano. A estrutura teria sido reconstruída em pedra em 1345 e resiste desde então, tendo sobrevivido inclusive aos bombardeios da Segunda Guerra Mundial - reza a lenda que o próprio Hitler tenha ordenado que a Ponte Vecchio fosse poupada.

Entre os séculos 15 e 16, a ponte era ocupada principalmente por açougueiros. O tipo de comércio mudou quando a corte se mudou para o vizinho Palazzo Pitti: o valor do aluguel aumentou e as lojas foram substituídas por joalherias e ourives, que ainda são maioria por lá. Em 1565, foi construída uma passagem secreta sobre a Ponte Vecchio chamada de  Corredor Vasariano, que permitia que os nobres transitassem do Palazzo Pitti, onde moravam, ao Palazzo Vecchio, onde ficava a sede do governo e, atualmente, a prefeitura de Florença.

Viagem e Turismo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade