PUBLICIDADE

Truques para ensinar pets a fazerem as necessidades no local correto

Seus bichinhos não param de deixar urina e fezes espalhados pela casa toda? Saiba como ajudar esses pets levados a aprenderem o local certo!

30 dez 2023 - 18h00
Compartilhar
Exibir comentários

Quem é tutor de cães ou gatos sabe que uma das maiores dificuldades de convivência com esses pets é quando eles não conseguem fazer as necessidades no local correto. É preciso muita paciência e as abordagens mais eficazes para ensinar os bichinhos e evitar que eles deixem urina e fezes por aí. Mas como fazer isso?

Veja como ensinar seus pets a fazer as necessidades no local indicado
Veja como ensinar seus pets a fazer as necessidades no local indicado
Foto: Shutterstock / Alto Astral

O professor Weslei Santana, do curso de medicina veterinária do Centro Universitário da Serra Gaúcha (FSG), explica que, primeiramente, é preciso deixar claro que há diferenças entre cães e gatos nesse sentido. "Por exemplo, os felinos por hábito utilizam caixas de areia, ao contrário do cão, que se adapta melhor a fazer as necessidades utilizando tapete, jornal ou até mesmo o gramado", diz.

Portanto, no caso dos gatos, a maior atenção é com o manejo da caixa. A limpeza frequente e a escolha da areia são essenciais. "Areias claras são sempre recomendadas por permitir uma melhor atenção a mudanças da cor da urina, se houver algum problema", comenta o docente do FSG, instituição pertencente a Cruzeiro do Sul Educacional.

Já os cachorros têm uma liberdade maior do que os felinos sobre onde fazer suas necessidades, especialmente quando não castrados. "Cães não castrados tem hábito a marcação de território, e podem iniciar esta prática em diversos pontos do ambiente, necessitando assim, da cirurgia", explica Weslei.

Tanto para cães quanto para gatos, porém, há sim como ensiná-los a fazer suas necessidades no local correto. É só seguir algumas dicas para tornar a adaptação mais simples para os pets. Confira:

Reforço positivo é a chave

Essa é a abordagem mais eficaz na maioria das vezes. Sempre que os pets acertarem o local para fazer suas fezes ou urinar, recompense-os imediatamente com elogios e petiscos e ele vai se sentir motivado a repetir esse comportamento. Todavia, tenha atenção com o excesso de petiscos, eles são calóricos e podem aumentar a chance de obesidade.

Evite gritos e punições

Ao contrário do que se possa pensar, gritos e punições não só são ineficazes - eles também podem causar estresse e traumas aos animais. "Caso ocorra um deslize, limpe o local discretamente, sem alarde, e siga em frente. Muitos cães podem iniciar comportamentos de coprofagia (comer os dejetos) em resposta a essas punições, então evite", alerta Weslei.

Escolha os produtos de limpeza adequados

Em um primeiro momento, isso pode até parecer não ter muito a ver com o assunto, entretanto ajuda sim. Isso porque produtos enzimáticos projetados especialmente para eliminar odores vão eliminar o cheiro deixado pelas fezes e urina.

Quando os pets fizerem suas necessidades no local errado, usar esses produtos vai impedir que eles sejam atraídos para o mesmo lugar da próxima vez por causa do odor.

Estabeleça uma rotina

Assim como nós, animais de estimação se beneficiam de rotinas, de acordo com Weslei. "Leve seu cão para passear com frequência. Cachorros que moram em apartamento, com o tempo, começam a aguardar sempre o horário certo para irem passear e fazer suas necessidades, então não se esqueça desta prática", diz.

Seja paciente e firme

O treinamento requer tempo e consistência. Para os filhotes, o desenvolvimento cognitivo está acontecendo dia após dia, e isso deve ser trabalhado com cautela, evitando possíveis traumas.

"Cada cão e gato é único, portanto, tenha paciência e seja firme em suas abordagens. Celebrar cada pequeno progresso é essencial para o sucesso", finaliza o docente.  

Alto Astral
Compartilhar
Publicidade
Publicidade