Eles falam que homem não se importa e até gosta de celulite

Para todos os entrevistados pelo Terra, os furinhos que aparecem nos glúteos e pernas das mulheres não incomodam em nada os homens

21 nov 2013
07h36
atualizado às 13h08
  • separator
  • 0
  • comentários

Se aqueles “furinhos” nas pernas e bumbum incomodam quando o traje é biquíni e impedem a noite a dois com a luz acesa, pode ser a hora de as mulheres repensarem se estão exigentes demais. Enquanto elas ficam horrorizadas com a celulite ao apertar a perna em frente ao espelho, os homens simplesmente não se importam e, segundo o gerente comercial Raul Padilha, “até gostam de uma ‘celulitezinha’” ou do que ele chamou de “capinha de gordura no presunto”.

Segundo o gerente, celulite é sinônimo de mais “carne”, bumbum e coxa. “A maioria dos brasileiros gosta de mulherão. Se existir mulher com coxa grossa e bumbum grande que, por mais que cuidada e malhada não tenha uma celulite, me mostre”, comentou Padilha. De acordo com o assistente de logística Rafael Silva, a celulite não é um assunto de interesse dos homens, tampouco um ponto decisivo na relação com as mulheres. “Mulher que não tem celulite não é mulher, e homem pensa assim, não se incomoda”, acrescentou o editor Henrique Ferraz.

Todos os entrevistados pelo Terra – e eles colocaram na lista também os amigos – não deixariam de se relacionar com uma mulher por causa de celulite. “Não me lembro de uma sem”, disse o estudante de engenharia Thiago Caúzzo. Eles ligam tão pouco para o assunto que mal sabem a diferença entre celulite e estria: “a maioria nem sequer diferencia ou repara nisso”, disse Padilha, que por trabalhar com mulheres se saiu bem na resposta. Já Ferraz arriscou: “celulite é pele de laranja, e estria é vaso aparente na pele”. “Acho que celulites são buraquinhos e estrias são dobras”, palpitou Silva.

Caúzzo acertou na diferenciação: “celulite é um acúmulo de gordura sob a pele, e estrias são danos ocorridos na pele por diversos fatores”. Apesar disso, o estudante não observa qualquer uma das características quando está interessado em alguém. “É um medo desnecessário das mulheres, elas são lindas. Queremos mulheres de verdade e não bonecas de plástico”, afirmou.

Mulher in natura
Os entrevistados sabem, porém, quea celulite continua um problema para elas, mesmo quando não é para eles. Ferraz acredita que a autocrítica da mulher surge porque a mídia cria uma imagem utópica como modelo. Padilha concordou: “olhar revistas de beleza só as fazem se sentir feias, só que a própria modelo ali é toda remodelada no Photoshop”.

“Achar que a celulite pode atrapalhar a beleza feminina é bobagem. Quem disse que a mulher precisa ser um palito para ser bela?”, disse Caúzzo. Uma das coisas mais atraentes, segundo Padilha, é uma mulher confiante de si. “Se ela sente vergonha do próprio corpo, já começa a coisa com o pé esquerdo”, afirmou o gerente comercial.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade