PUBLICIDADE

Descubra os sintomas e fatores de risco do tumor cerebral

Dores de cabeça persistentes, convulsões, náuseas e vômitos estão entre os sintomas do câncer de cérebro. Saiba mais!

12 jun 2024 - 18h21
(atualizado em 18/6/2024 às 01h25)
Compartilhar
Exibir comentários

O câncer no cérebro é um tipo de tumor maligno que se forma no tecido cerebral. "Ele pode se desenvolver diretamente no cérebro (tumores cerebrais primários) ou pode se espalhar para o cérebro a partir de outros órgãos (tumores cerebrais secundários, também conhecidos como metástases cerebrais)", explica o Dr. Fernando Gomes, neurocirurgião e professor livre docente da Universidade de São Paulo (USP).

Estilo de vida saudável pode ajudar a evitar o câncer no cérebro |
Estilo de vida saudável pode ajudar a evitar o câncer no cérebro |
Foto: freepik/Freepik / Boa Forma

Fatores de risco

De acordo com a  Dra. Adriana Libório, neurocirurgiã e membro titular da Sociedade Brasileira de Neurocirurgia, os fatores de risco do tumor cerebral incluem:

  • Histórico familiar;
  • Exposição à irradiação e determinadas substâncias nocivas;
  • Idade avançada;
  • Condições ou alterações genéticas;
  • Hábitos alimentares inadequados;
  • Tabagismo e alcoolismo;
  • Comprometimento do sistema imunológico;
  • Infecções por determinados vírus.

Sintomas do tumor cerebral

Dr. Felipe Mendes, neurocirurgião, lista os principais sintomas do tumor cerebral:

  • Dores de cabeça frequentes e persistentes;
  • Convulsões;
  • Náuseas e vômitos;
  • Fraqueza ou perda da sensibilidade de um lado do corpo;
  • Alterações na visão;
  • Dificuldade de fala e compreensão;
  • Problemas de memória;
  • Mudanças na personalidade e no comportamento.

"É importante reforçar que nem toda dor de cabeça é sinal de câncer. A grande maioria dos casos de dores são relacionados a episódios de cefaleia tensional ou enxaqueca", lembra Mendes.

Se você tiver qualquer sintoma, não deixe de procurar uma consulta com um especialista o mais rápido possível, para uma avaliação completa e um diagnóstico precoce.

"A taxa de sobrevivência do câncer cerebral depende de vários fatores, como o tipo de tumor, o estágio da doença e o tratamento recebido. Algumas formas de câncer cerebral têm uma taxa de sobrevivência melhor do que outras", acrescenta o professor.

Diagnóstico e tratamento do tumor cerebral

Segundo a Dra. Adriana, o tratamento é determinado de acordo com o tamanho, o tipo e a localização do tumor. "Pode envolver a cirurgia, para retirar o tumor ou parte dele, e sessões de radioterapia, imunoterapia e quimioterapia. O objetivo é conseguir remover a doença e preservar o máximo possível o funcionamento cerebral", detalha a médica.

Prevenção do tumor cerebral

Os especialistas afirmam que não existem medidas garantidas para prevenir o tumor cerebral, porém a adoção de um e stilo de vida saudável e ativo pode diminuir as chances de doenças.

"Comer bem, praticar atividade física regularmente, se livrar dos vícios (álcool e cigarro, por exemplo), evitar a exposição desnecessária à irradiação e controlar comorbidades pré-existentes são cuidados que ajudam a reduzir o risco de uma neoplasia maligna no cérebro", orienta Libório.

É fundamental também conhecer os sinais de alertar e manter os check-ups médicos sempre em dia, para detectar rapidamente qualquer problema que possa aparecer. "O diagnóstico precoce aumenta muito as chances de sucesso do tratamento do câncer", conclui a neurocirurgiã.

Boa Forma
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade