0

Governo e Butantan adiam divulgação de dados da CoronaVac

De acordo com reportagem da Folha de S. Paulo, laboratório pediu tempo para consolidar resultados em outros países além do Brasil

23 dez 2020
15h42
atualizado às 16h12
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O governo de São Paulo e o Instituto Butantan adiaram a divulgação dos resultados completos dos estudos de eficácia da CoronaVac, que estava prevista para esta quarta-feira, de acordo com reportagem do jornal Folha de S.Paulo.

Enfermeira segura dose de vacina antes de aplicá-la em voluntário em São Paulo
REUTERS/Amanda Perobelli
Enfermeira segura dose de vacina antes de aplicá-la em voluntário em São Paulo REUTERS/Amanda Perobelli
Foto: Reuters

Segundo o jornal, o laboratório chinês Sinovac, que desenvolveu a vacina contra a covid-19, pediu tempo para consolidar os resultados de testes realizados em outros países além do Brasil, o que deve levar no máximo 15 dias.

Apesar do adiamento, segundo a Folha, as autoridades paulistas irão dizer que a CoronaVac tem eficácia superior a 50% --o limite mínimo recomendado por especialistas para uma vacina ser considerada eficiente.

Procurados, o governo de SP e o Butantan disseram que as informações sobre a eficácia da CoronaVac serão esclarecidas em entrevista coletiva às 16h.

Veja também:

 

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade