PUBLICIDADE

Geração Z é a que mais se exercita: academia é destaque, aponta estudo

Pesquisa divulgada com exclusividade à Boa Forma ainda indica que a falta de tempo é a maior razão para o sedentarismo. Saiba mais!

23 fev 2024 - 20h03
Compartilhar
Exibir comentários

Uma pesquisa realizada pela Brain Inteligência Estratégica e divulgada com exclusividade à Boa Forma apontou que a geração Z é a que mais se exercita atualmente. Entre as atividades mais praticadas por eles, de acordo com os entrevistados, estão a academia, futebol e corrida.

Veja o que o estudo concluiu sobre os hábitos de treinos da geração Z
Veja o que o estudo concluiu sobre os hábitos de treinos da geração Z
Foto: Freepik/Divulgação / Boa Forma

Além disso, foi constatado também que, entre aqueles que não praticam atividades físicas, 66% indicou a falta de tempo como principal motivo para tal ausência. Confira a seguir mais detalhes sobre o estudo!

Estudo sobre atividades físicas nas diferentes gerações

-
-
Foto: Brain Inteligência Estratégica/Divulgação / Boa Forma

De acordo com o estudo feito pela Brain Inteligência Estratégica, 37% dos respondentes afirma que, no último ano, praticou com regularidade algum tipo de atividade física.

No recorte geracional, aqueles que mais afirmaram praticar esportes foram os representantes da geração Z, os jovens: 46% dos representantes disseram ter praticado esportes com regularidade. Para este grupo, as atividades mais populares são academia, futebol e corrida.

"É possível observar que conforme aumenta a faixa etária nas gerações mais velhas, tem uma queda na prática de esportes com regularidade nos últimos 12 meses", aponta Tiziana Weber, uma das coordenadoras do estudo.

Quanto aos motivos para não praticar atividades físicas, falta de tempo (66%) ficou em primeiro lugar, seguido pela falta de interesse (25%) e falta de motivação (15%).

"Quando olhamos para as justificativas para não praticar-se atividade física, notamos que, conforme a idade aumenta, os problemas de saúde também aparecem mais como justificativa para a falta de exercícios", observa a profissional.

E continua: "No entanto, apesar deste grupo praticar menos atividade física, os baby boomers, quando praticam, o fazem com mais frequência. Outro dado interessante também é observar que a geração Z afirma que poderia aumentar a frequência da sua prática se tivessem mais tempo - 69% dos respondentes afirmam isso".

Mais um dado que chamou atenção foi o critério usado para escolher o local onde essa prática esportiva acontece. O motivo mais citado foi a proximidade de casa, com 64%. Em segundo, com 27%, ficaram os lugares frequentado por amigos e, em terceiro lugar, com 22%, está a proximidade do trabalho.

Geração Z busca mais saúde, segundo a pesquisa

Outro ponto importante do estudo é que o principal motivo para a prática da atividade física, segundo os respondentes, foi a questão de melhorar a saúde no geral. E a geração Z apresenta outras duas motivações que são acima da média geral, que é a redução do estresse e o fator estético. Isso, por sua vez, indica que os jovens não estão preocupados apenas com a forma física, mas também com a qualidade de vida.

De acordo com o psiquiatra Alexandre Valverde, a motivação para isso pode vir do fácil acesso que essas pessoas têm às informações, uma vez que elas já "nasceram" com o celular e a internet nas mãos.

"É uma geração que está sempre conectada e com mais acesso à informação. Claramente eles são mais educados nesse sentido de saber os benefícios e instruções em relação aos tipos de atividades que você pode praticar", afirma o médico.

"Eles também são mais autônomos, então, nesse sentido, também são mais disciplinados. Para você se manter em autonomia, você tem que ter disciplina, que passa também pela questão da diligência com a qual você realiza atividade física. Então, não é difícil de imaginar a expressão dessa maior propensão à realização de atividade física numa geração assim", ele completa.

-
-
Foto: Brain Inteligência Estratégica/Divulgação / Boa Forma
Boa Forma
Compartilhar
Publicidade
Publicidade