PUBLICIDADE

Existe prazer depois da menopausa? Especialista responde que sim

Muitos acreditam que o prazer feminino acaba após a menopausa - o que não é verdade. Veja dicas para estimular a sexualidade no climatério

28 nov 2023 - 19h01
(atualizado em 29/11/2023 às 19h39)
Compartilhar
Exibir comentários

A menopausa é o caminho natural de muitas mulheres. Ainda assim, o tema é cercado de tabus e desinformações. Quando se fala sobre o assunto, muitas vezes o foco são as mudanças hormonais, deixando a sexualidade e o prazer feminino de lado.

Importância de se conhecer

Segundo Isabela Cerqueira, especialista em sexualidade, mesmo com mudanças hormonais e a diminuição da libido, ainda existe prazer durante a menopausa. Aliás, há diferentes formas de reacender a chama. "A mulher nunca perde sua capacidade de ter orgasmos, basta um estímulo correto. E, para isso, é preciso se conhecer", comenta.

De acordo com Isabela, mesmo antes da menopausa, muitas mulheres não conhecem o orgasmo ou possuem dificuldades em chegar ao clímax. "Isso acontece porque a mulher não conhece o seu corpo, suas zonas erógenas e o que a estimula. Infelizmente ainda há diversos tabus que impedem a mulher de experimentar e até mesmo de se autoconhecer", afirma. 

Dicas para estimular o prazer

Diferente do que a maioria acredita, o orgasmo não acontece sempre com a penetração e há partes do corpo diferentes repletas de terminações nervosas, além do clitóris, que podem ajudar a "chegar lá". Portanto, vale a pena investir no toque, seja com uma massagem, beijos e até mesmo com a ajuda de um vibrador.

Além disso, criar um clima agradável também pode ajudar. Bela conta que estar em um ambiente confortável, com a luz reduzida e uma música ao fundo ajuda a relaxar. 

"Criar um clima pode ser o início de uma autodescoberta deliciosa. A automassagem também é muito bacana, todas as áreas da nossa pele têm potencial para dar prazer. A ideia é ir explorando as sensações de toque. Uma vela de massagem pode ser ótima para despertar os sentidos e completar a experiência", recomenda.

Ainda falando em estimulação, o clitóris é um ponto que merece atenção e deve ser completamente explorado. "Com mais de 8 mil terminações nervosas, é o único órgão do corpo humano que existe apenas para dar prazer. Uma dica que já é tendência é o sugador de clitóris, que estimula por meio de ondas de pulsação", comenta a especialista que também é CEO da Good Vibres.

A menopausa é conhecida também por conta da secura das mucosas, isso inclui a vagina. A dica é investir nos lubrificantes, de preferência à base de água ou hipoalergênicos, para tornar a experiência mais prazerosa, tanto a dois como sozinha.

Como adicionar 10 anos em sua vida sem gastar muito dinheiro:

A menopausa não deve ser vista como um desafio

Marcada por mudanças, a menopausa é uma chance de se redescobrir também em relação a preferências e prazer. Isabela afirma que o autoconhecimento transmite segurança para a mulher testar novas opções em benefício do prazer. 

"É um momento de se permitir.  De testar novas posições, novos lugares e inserir novas sensações no sexo como o uso de vibradores e acessórios, tanto a mulher, quanto sua parceria só têm a ganhar com essa redescoberta", conclui. 

Saúde em Dia
Compartilhar
Publicidade
Publicidade