PUBLICIDADE

Confira 6 dicas para evitar as doenças do inverno

O clima seco e as baixas temperaturas aumentam a incidência de doenças respiratórias, mas algumas medidas podem prevenir casos

24 jun 2024 - 15h27
Compartilhar
Exibir comentários

Estamos na primeira semana do inverno e é esperado que as temperaturas caiam em todo o Brasil nos próximos dias. O clima frio somado ao tempo seco é um cenário fértil para a ocorrência de problemas respiratórios.

Confira 6 dicas para evitar as doenças do inverno
Confira 6 dicas para evitar as doenças do inverno
Foto: Shutterstock / Saúde em Dia

Isso se deve também à mudança nos hábitos das pessoas que, durante o inverno, optam por passar mais tempo em ambientes fechados e menos ventilados, o que pode contribuir para a proliferação de patógenos e o agravamento de condições respiratórias preexistentes.

Segundo dados da SBPT (Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia), cerca de 20% da população brasileira sofre de doenças respiratórias agravadas pelo frio. Além disso, as baixas temperaturas podem enfraquecer o sistema imunológico, tornando-nos mais vulneráveis a infecções. Por isso, é essencial adotar medidas para minimizar os riscos e assegurar a saúde durante essa estação.

"No frio, ficamos mais suscetíveis à propagação de vírus e bactérias, por isso, é essencial reforçar algumas práticas comuns que ajudam a evitar problemas com a saúde respiratória", afirma a médica infectologista do Hospital Adventista, Odeli Nicole Iasd. 

6 dicas para evitar as doenças do inverno

A seguir, a médica separou algumas dicas importantes para evitar problemas respiratórios no inverno.

  1. Mantenha os ambientes bem ventilados: Certifique-se de que sua casa e local de trabalho estejam sempre arejados, abrindo janelas regularmente para permitir a circulação de ar fresco. Evite aglomerações, especialmente em locais fechados, pois a alta concentração de pessoas facilita a disseminação de vírus, aumentando o risco de contágio.
  2. Esteja aquecido e bem hidratado: Proteger-se do frio com roupas adequadas é essencial para evitar a exposição ao frio intenso, que pode enfraquecer o sistema imunológico. Além disso, o ar seco do inverno pode desidratar as mucosas das vias respiratórias, tornando-as mais suscetíveis a infecções. Portanto, beba bastante água para manter a hidratação.
  3. Higiene pessoal e do ambiente: A higiene pessoal é uma das formas mais eficazes de prevenção. Lave as mãos regularmente com água e sabão ou use álcool em gel, especialmente após tossir, espirrar ou frequentar locais públicos. Além disso, desinfete regularmente superfícies de alto contato, como maçanetas, celulares e bancadas, para reduzir o risco de contaminação.
  4. Vacine-se: A vacinação é uma ferramenta poderosa na prevenção de doenças respiratórias graves. Vacine-se contra a gripe e a Covid-19, conforme indicado pelos órgãos de saúde, e mantenha em dia outras vacinas recomendadas, como a vacina pneumocócica, especialmente para idosos e pessoas com doenças crônicas.
  5. Mantenha hábitos saudáveis: Adotar um estilo de vida saudável fortalece o sistema imunológico. Consuma uma dieta balanceada, rica em frutas e vegetais, pratique exercícios regularmente e durma bem. Um sono adequado é essencial para a recuperação do corpo e para manter o sistema imunológico forte.
  6. Use máscara ao apresentar sintomas gripais: Se apresentar sintomas gripais, como febre, tosse persistente ou dificuldade para respirar, use uma máscara cirúrgica para reduzir a propagação do vírus. Caso os sintomas persistam, procure atendimento médico imediatamente.

"A prevenção é sempre o melhor remédio. Pequenos hábitos diários, como higienização das mãos e manter-se hidratado, podem reduzir significativamente a incidência de doenças respiratórias", reforça a especialista.

Saúde em Dia
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade