PUBLICIDADE

Pressão alta? Cardiologista revela 9 maneiras de evitar problemas

A hipertensão arterial pode causar problemas sérios em vários órgãos do nosso corpo; assim, prevenir a pressão alta é sempre a melhor opção!

13 abr 2023 - 09h02
Compartilhar
Exibir comentários

A hipertensão arterial (ou pressão alta, ou seja, aquela igual ou maior do que 140 por 90 mmHg) é uma doença que ataca os vasos sanguíneos e pode comprometer o funcionamento de vários órgãos, como coração, cérebro e rins. Assim, é muito importante levar essa doença a sério, já que ela afeta várias partes do corpo e pode, inclusive, ser fatal se não for diagnosticada e tratada corretamente.

Saiba como prevenir a pressão alta - Shutterstock
Saiba como prevenir a pressão alta - Shutterstock
Foto: Alto Astral

Porém, o problema é que a pressão alta não costuma apresentar sintomas muito perceptíveis e, por isso, é muito comum que haja uma demora nesse processo. "Chamamos a doença de 'inimigo silencioso' porque ela provoca danos no organismo sem dar sinais", revela o Dr. Celso Amodeo, cardiologista do sono e especialista em hipertensão arterial do Hcor.

Então, o melhor mesmo é fazer o possível para prevenir o problema, não é mesmo?

Prevenindo a pressão alta

Conversamos com o Dr. Amodeo e separamos 9 dicas para evitar o desenvolvimento da hipertensão. Veja a seguir:

1. Manter uma alimentação saudável e equilibrada

2. Evitar um exagero de sal

4. Não fumar

5. Diminuir a ingestão de bebidas alcoólicas

6. Dormir bem

7. Usar anti-inflamatórios não hormonais apenas com prescrição médica

8. Evitar pílulas anticoncepcionais

9. Fugir de sprays nasais com vasoconstritores

Não deixe de ir ao médico!

Mesmo seguindo completamente essas dicas, ainda é possível que o seu organismo desenvolva uma hipertensão arterial, apesar de essa chance diminuir bastante. Assim, seguir essas orientações não é sinônimo de deixar de lado as idas ao médico e a realização de exames - muito pelo contrário, viu?

Afinal, vale relembrar: quanto mais cedo você descobrir a pressão alta, mais chances há de o diagnóstico ser feito enquanto a doença ainda está mais leve, o tratamento ser bem-sucedido e o problema não se tornar mais grave.

Fonte: Saúde em Dia

Alto Astral
Compartilhar
Publicidade
Publicidade